3 dicas para proporcionar mais prazer à elas

3 dicas para proporcionar mais prazer à elas

publicado por Paula (Prem Nigama)

tags: tantra, tantra-para-homens, tantra-para-casais, sexo

Meninos, o prazer feminino é uma construção, parte dele é alcançado através do corpo, outra parte na cabeça e um pedaço significativo na emoção.

Para as mulheres, o sexo não começa na cama, de noite na hora H com as preliminares, não. O sexo, e principalmente o sexo com prazer, é algo que se prepara, vai se constituindo durante o dia, com as ações, as trocas, as preocupações e atenções, afetos e delicadezas, gentilezas e percepções.

Para a esmagadora maioria das mulheres, sexo não é um evento pontual, isolado, nascido e esgotado nele mesmo, não, sexo é algo que se perdura no tempo, constrói-se com o antes, vivencia-se e deleita-se com durante e revive-se o depois.

Ele, o sexo, não tem seu início com o ato propriamente dito, mas com aquele sorriso amassado às 6h00 da manhã de um dia qualquer, com aquele telefonema no meio do dia para dizer nada, com aquela mensagem despretensiosa de oi e, principalmente, com constância sincera  de tudo isso junto, exalado por vontade real e intrínseca; não aquela fabricada, visando a troca rasa e barata de sexo apenas.

Fazer sexo é mais que fazer sexo, é conectar-se, compartilhar-se e compartilhar do outro, entregar-se, disponibilizar-se, estar ali, inteira, completa, plena e somente ali. Para tanto, uma boa convivência extra sexo é necessária, pois se assim não for, não haverá inteireza e, sem esta, pode até haver sexo, mas provavelmente não será alcançado lá muito prazer.

O prazer feminino está no inusitado, no inesperado para vocês homens, mas no loucamente desejado e buscado por elas: a atenção, a escuta, o conhecê-las por inteiras, seus corpos, seu sexo, mas, sobretudo, seus pensamentos, sensações, emoções, ou seja, interessar-se por elas como um todo.

Neste contexto, eu pincei três itens, os primeiros e mais importantes, que aqui funcionam como dicas para melhorar o entrosamento de vocês.

Dica 1 – PRESTE ATENÇÃO NELA

Atente-se aos detalhes, às pequenas coisinhas, mulheres gostam, se sentem seguras e importantes quando percebem que são o foco de atenção do seu parceiro, então, saiba sobre elas, seus gostos, suas vontades, seus desejos. Estou falando de coisas corriqueiras e gerais mesmo, saber o que ela gosta de comer, vestir, ler, assistir, visitar, isso tudo demonstra que você prestou atenção nela e que o fez porque ela é importante para você. Isso é imprescindível para que ela se sinta à vontade, entregue e segura. Sim! Fará uma diferença enorme no relacionamento de vocês e respingará diretamente e positivamente na vida sexual.

Dica 2 – ESCUTE ELA

Mulheres falam e gostam disso, então, se interessem por elas, queiram saber o que elas têm a dizer, o que pensam, como enxergam o mundo. Escutem o que elas têm a falar.

Quando a sua mulher te procura e te conta um problema, ela não espera que você o resolva por ela, a solução ela já tem e, acredite, ela não precisa de você pra isso, ela dá conta sozinha. Quando ela te procura com uma questão, ela quer falar, expressar-se, se abrir, ela quer ser ouvida,  acolhida, não julgada, ela quer se sentir importante o bastante para você parar o que está fazendo, sentar e ouvi-la, somente isso. Então, escute sempre que for possível e, quando não for, deixe claro que gostaria muito de o fazer, mas que naquele momento não pode, nunca haja dando a entender que o que ela tem a dizer não é importante o bastante para disponibilizar sua atenção.

Faça com que ela se sinta importante, queira saber exclusivamente dela, querer apenas transar com ela, procurá-la diariamente e ter muito tesão em seu corpo, não a faz sentir mais importante que as demais, pois, a princípio, para as mulheres, os homens querem sexo o tempo todo e com todas as mulheres do planeta, querer transar não a coloca num patamar de diferenciação, então, se interesse por elas além do sexo.

Ademais, mulheres são auditivas, gostam de ouvir coisas interessantes e são muito mais seduzidas pelo que escutam do que pelo que veem, falar e ouvir são afrodisíacos para elas, portanto, extremamente necessário e eficaz para uma vida sexual ativa e prazerosa.

Dica 3 – CONHEÇA O CORPO DELA

Homens conhecem pouco o corpo feminino, fazem sexo com o paradigma do que dá pra prazer para eles, mas não param para pensar que os corpos são completamente diferentes e que, por consequência óbvia, as necessidades e o caminho para o prazer são diferentes.

1. Homens tem o genital muito mais sensibilizados que as demais parte do corpo, por conta da masturbação. Mulheres tem o corpo mais sensível, o genital feminino é de acesso mais difícil, além disso, culturalmente as mulheres não foram educadas, muito menos incentivadas, a se tocarem, isso vem mudando com a liberdade sexual, mas uma grande parcela das mulheres ainda não tem uma relação íntima com o seu genital.

2. Homens sentem muito prazer com a penetração, pois a parte mais sensível do genital masculino é a glande peniana e esta é estimulada com movimentos verticais ou com a  penetração. O ponto mais prazeroso do corpo feminino é o clitóris, este fica fora da entrada da vagina e não é estimulado através da penetração, a estimulação é feita com a boca, vibradores ou com as mãos, pode e deve acontecer durante a penetração. Há prazer e sensação orgástica alcançada através da penetração, com a estimulação do ponto G. Sim, ele existe, e fica logo no início da vagina, a distância de uma falange e meia de dedo, mas é de difícil estimulação através da penetração, pois depende da anatomia dos parceiros, o pênis deve passar e atingir o ponto com frequência, velocidade e tempo adequado, assim sendo, difícil, né? O que equivale na mulher ao prazer que você alcança com a penetração é a estimulação do clitóris, portanto, invista nele.

3. Outra coisa muito importante, talvez a mais importante quando falamos de conhecer o corpo feminino, mulher não é apenas peito, bunda e vagina, ok?! Quando eu me refiro a corpo, eu falo de conhecer e estimular o corpo todo, então, sem preguiça, nada deitar em X e acreditar que ela está enlouquecida apenas com presença ilustre e ereta do seu pênis.  Empenhe-se, estimule-a e se deixe ser estimulado. Lembre-se que você até pode fazer sexo para desopilar e relaxar a cabeça, então, a rapidinha é muito bem-vinda. Mulheres são diferentes. Não, elas não fazem sexo para relaxar, elas fazem sexo quando estão relaxadas e entregues e, para isso, devem ser sentir seguras.

4. Ah! Sim, mulheres gostam de sexo tanto quanto vocês. Essa história que homem tem necessidade e mulher não, é mentira, tá?! Sim, elas querem transar e ter prazer igualzinho a vocês. Não, mulher não faz sexo por obrigação, ela faz por vontade, porque está afim, por tesão, tal e qual vocês querem chegar no final com orgasmo, se não, ela também ficará na mão, ok?!

5. A diferença é que o sexo tem que ser bom de verdade para ela querer fazer, se não for, meu caro, ela prefere sim comer uma pizza e ver Netflix. Essa conversinha de que sexo é bom até quando é ruim, não funciona com a gente, sexo bom é bom e todo mundo quer. Sexo ruim estamos passandooo, preferimos um brigadeiro.

Esse apanhado não vai mudar a sua vida, a missão dele era clarear as suas ideias e fazê-lo perceber que sexo é muito mais que uma penetração de 5 ou 10 minutos, e que prazer, orgasmo, gozo é algo que vai muito, mais muito além do sexo.

A busca era fazê-lo perceber que o grande Q está na comunicação e na intimidade, e que, a partir daqui, dessas “dicas”, você certamente desenvolverá maior intimidade para dividir com ela suas vontades e desejos e se abrir genuinamente para conhecer os dela. A cumplicidade e conexão de vocês começará a se ampliar e ela se sentirá mais segura e entregue e te dará o caminho das pedras rumo a um sexo de qualidade, constante e com prazer para os dois.

Paula (Prem Nigama)
Autora do ebook Tantra a Dois, passou pelas principais escolas de Tantra do Brasil.Advogada, deixou o mundo corporativo para mergulhar numa jornada de autoconhecimento através do Tantra. Certificada em Terapia Tântrica e Renascimento, foi assistente dos grupos O Caminho do Amor e Capacitação para Terapeutas [...]

Veja o perfil completo

Encontre terapeutas, atividades e espaços de Tantra próximos à você:



Viagens em Imersão

Saiba mais

Outros artigos interessantes para você

TODOS

Quer receber conteúdo exclusivo no conforto do seu email?