A mensagem que a Massagem Tântrica traz

A mensagem que a Massagem Tântrica traz

publicado por Prem Moksha (Sirlene)

A auto permissão para experimentar uma massagem tântrica vem se ampliando vertiginosamente; não, multiplicando-se é uma definição mais real! E consequentemente, o boca a boca aguça a curiosidade de quem escuta:

-  “Uau, amiga, você precisa ir lá, tive muitos orgasmos...”

-  “ouvi dizer que a massagem tântrica resolve a ejaculação precoce”

-  “quantas sessões preciso para voltar a ter ereção?”

- “minha mulher (ou meu marido) não sabe que estou fazendo essa massagem”....

A boa notícia é que a curiosidade pode abrir portas importantes para um novo olhar sobre si mesmo, a partir da principal  causa dos problemas que afligem a humanidade, desde sempre: a sexualidade! A má notícia é que a experiência do outro e o “disse que me disse” podem gerar expectativas e a inevitável frustração por se projetar na experiência de uma outra pessoa.

E está exatamente aí a lição número “zero”, nos mistérios que a massagem tântrica revela - coladinho na auto permissão, vem o autoconhecimento. Pode ser bem além do que se ouviu, pode ser surpreendente, ou emocionante, ou tudo isso ao mesmo tempo.... e até nada disso. 

A linguagem que o tantra conhece é a do corpo. São as sensações, além das impressões. O toque que revive as memórias registradas na pele, no tato, no que vem de dentro e de repente emerge. A resposta no primeiro momento é fisiológica, graças à intensidade, ritmo, duração e, inclusive, a intenção aplicados durante a sessão. Por uma hora e meia, hormônios do bem-estar se misturam com o aumento do fluxo sanguíneo, da respiração, da bioeletricidade e o corpo leva um banho de vitalidade que pode despertar as mais variadas sensações e, pasme: memórias! Isto também se explica:  hormônios que banham o cérebro, ao circularem livremente de “ponta cabeça” podem trazer lembranças que, até então, acreditava-se serem registros apenas da mente. E como se fosse um circuito energético, novas conexões neurais se formam, o corpo energizado traz uma reconexão física e é possível que num insigth  a clareza de pensamento  se sobreponha às repetidas perguntas que vão e vem no interminável fluxo mental. E então acontece  um momento de expansão dentro e fora. Corpo e mente.

Durante uma sessão, quem está no futton pode sentir diferentes sensações, muitas vezes de alegria, de amor próprio,  estados de leveza e bem-estar, que parecem silenciosas dicas sobre a famosa fórmula de ser feliz. Pode até mesmo ser surpreendido por uma inesperada emoção guardada “lá no fundo do baú”.  

Contudo,  é seguro afirmar que: sim, óbvio que as experiências são pessoais, mas após uma massagem tântrica, a mensagem tem a máxima no aforismo: “conheça-te a ti mesmo” .

Nem filosofia e nem ciência, ou as duas coisas...

Prem Moksha (Sirlene)
Terapeuta Tântrica certificada no Curso Avançado de Massagem Tântrica e em todas as modalidades do método Deva Nishok: Sensitive Massagem; Êxtase Total Massagem; Yoni Massagem; Lingam Massagem; G-Spot e P-Spot Massagem, proporcionando estados alterados de percepção e consciência. Especializada em Disfunções Sexuais pela Comunna Metamorfose [...]

Veja o perfil completo

Quer receber nossas newsletters no conforto do seu email?


Atividades da Terapêutica Tântrica

Outros artigos interessantes para você