Medito para me encontrar ou para fugir de mim?

Medito para me encontrar ou para fugir de mim?

publicado por Paula (Prem Nigama)

A meditação é, por definição, um estado de silêncio completo, a ausência de pensamentos, o momento em que a mente não existe mais. É um caminho de encontro com a nossa verdadeira essência, com a energia que cria e guia o universo. 

As práticas mais comuns estão relacionadas a ficar quieto e em silêncio, apenas observando os pensamentos, sem se identificar com eles, até que eles desapareçam e sua atenção esteja direcionada apenas para a sua respiração, o som ao redor ou as batidas do coração.

Uns cinco minutos diários desta prática já fazem bastante efeito, nos sentimos mais leves, mais dispostos, vemos o mundo com mais clareza e tranquilidade, a cabeça parece estar mais relaxada para tomar decisões e as preocupações saem de cena.

Por outro lado, nem sempre isso é possível. A meditação é um momento de presença, de sentir o que se passa dentro de nós e, às vezes, podemos utilizá-la justamente para o contrário, para fugir dos pensamentos, para não pensar em nossos problemas, para fugir da realidade, para fingir que nada está acontecendo e que, na verdade, está tudo bem.

O que não funciona, pois, ao abrir os olhos, a realidade está ali. A meditação nos propicia uma clareza mental e vermos as belezas do mundo. Mas ver o mundo como se fossem só belezas é um engano, é fugir da sua realidade, é não se apropriar da sua responsabilidade.

Perceba se você utiliza a meditação como uma fuga ou como um caminho para se entender melhor, para se conectar mais consigo e resolver seus anseios.

Às vezes, meditar é justamente colocar toda a atenção em seus pensamentos, um olhar profundo para si, deixar os pensamentos desenrolarem, amadurecer as ideias, sentir o que os pensamentos provocam em você, o que você sente vontade de fazer ao pensar naquilo e resolver. Boa parte das vezes, meditar é sair da posição de lótus e tomar uma atitude na vida. Afinal, o nada fazer não é o não fazer nada.

Paula (Prem Nigama)
Especialista em Mulheres e Casais, é autora do ebook Tantra a Dois. Passou pelas principais escolas de Tantra do Brasil, ganhando experiência em facilitação do autoconhecimento e expressão do que vibra o coração.Advogada, deixou o mundo corporativo para mergulhar numa jornada de autoconhecimento através do [...]

Veja o perfil completo

Quer receber nossas newsletters no conforto do seu email?


Atividades da Terapêutica Tântrica

Outros artigos interessantes para você

Quando a alegria surgir, torne-se ela
Meditações do Tantra

por Osho

Onde está a felicidade?

por Paula (Prem Nigama)

As suas crenças
Como a Terapêutica Tântrica pode ajudar?

por Deva Nishok

Viver de Verdade
Onde está você agora?

por Paula (Prem Nigama)

Os limites da percepção
Meditações do Tantra

por Osho

Meditação: A fonte do amor
Como a Terapêutica Tântrica pode ajudar?

Sinta a presença sempre viva da existência
Meditações do Tantra

por Osho

A instrução de apontar o bastão
Apontando o Bastão para o Velho Homem

por Osho