Massagem tântrica beneficia o corpo e a mente

Imagina viver a experiência de se relacionar com o seu corpo encontrando novas possibilidades de sentir e viver?

Massagem tântrica beneficia o corpo e a mente

jornaldamidia.com

com

Imagina viver a experiência de se relacionar com o seu corpo encontrando novas possibilidades de sentir e viver? Essa é a proposta da massagem tântrica, uma técnica milenar indiana oriunda do Tantra utilizada para o desenvolvimento da energia vital (a sexual), onde as práticas consistem em liberar as tensões da musculatura, relacionar o ser humano ao seu potencial de energia criativa, ao poder de transformação interior e conexão entre mente, corpo, emoções e espiritualidade. Como já deu pra perceber, não tem conotação sexual.

“Não há sexo. Utiliza-se da energia sexual, que é a energia vital – chamada kundalini -, como um meio de desenvolvimento do ser. Compreender, saber, ter mais intimidade com a sexualidade, com o corpo. É algo imprescindível durante a vida, afinal é desse energia que todo ser humano nasce” pontua May Irineu, terapeuta tântrica e corporal.

Uma sessão pode durar entre 1h30 e 2h e, antes de iniciar, há uma conversa entre o profissional e o paciente em um ambiente tranquilo, com pouca luz e músicas suaves como mantras. O (ou a) terapeuta atende vestido enquanto quem recebe a massagem fica inteiramente nu, deitado sobre um colchonete – tudo é muito limpo e organizado-. Ao longo do processo todo o corpo é massageado, tanto de frente quando de costa, e uma respiração específica é ensinada para potencializar as sensações.

Na sequência, as mãos ficam concentradas nos genitais e os orgasmos começam, sendo que a intensidade e a frequência em que acontecem depende de cada indivíduo. Durante a massagem no corpo, a pessoa experimenta sensações orgásticas e prazerosas, na massagem genital as sensações potencializam, intensificam ainda mais.

“É uma experiência terapêutica corporal que auxilia na possibilidade de conhecer mais o corpo, ter mais intimidade com o prazer e consigo mesmo. Ver e viver a sexualidade de maneira mais saudável e positiva, eliminando aos poucos os padrões e os tabus criados em torno da energia sexual. Quando a gente se conhece mais através da massagem, temos mais satisfação nos relacionamentos não só os amorosos, mas também os afetivos”, explica Rajan Irineu, que é irmão de May e também terapeuta tântrico.

A principal orientação para quem deseja experimentar a massagem é buscar profissionais sérios e capacitados, com boas referências. “Infelizmente há profissionais irresponsáveis que usam desse trabalho para outros fins, então é preciso ter muito cuidado”, finaliza May.

Veja a matéria completa na página original (jornaldamidia.com)




Outros reflexões para você

Sempre nos preocupamos com os outros, o que as pessoas podem pensar de algum modo como você age, sempre nos limitamos e com essas...
Entrevista conduzida por Andréia Félix: Deva Nishok: Tantra é uma palavra que, em Sânscrito, significa “Tramas”, os fios de comportamento...
Quem enfrenta baixa autoestima geralmente se apega ou se espelha em fatores externos, diversos fatores podem influenciar, mas o estético...
Desde o começo da humanidade sempre houve práticas visando o desenvolvimento pessoal e espiritual do ser humano. São várias religiões e...
O vaginismo é uma disfunção sexual que gera dor na hora da relação sexual. Trata-se de um problema que afeta em torno de 5% da população...
Como somos carentes de afeto, de atenção, de carinho. Na fase adulta queremos receber respostas afetuosas e somos pegos pela frustração de...
O que é?É uma oportunidade linda de aprender uma técnica capaz de proporcionar consciência corporal e energética, altíssimos níveis de...
Independente se você dirige seu próprio negócio ou tem seu emprego, você pode sentir que está perdendo de vista seus objetivos e motivação....
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
É comum muitas pessoas procurarem conhecer o Tantra em função do aspecto sexual. Não há nada de errado nisso. Contudo, é importante abrir a...
A questão do sedentarismo e da autocomiseração está no dia a dia das pessoas. Colocar a si mesmas para “baixo” é muito comum. De forma...
Durante o período de isolamento, tenho recebido muitos contatos para atendimento, devido ao stress e a ansiedade que este período tem...
O amor repousa sobre dois pilares: rendição e autonomia. Nossa necessidade de união existe ao lado de nossa necessidade de separação. Um...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...