Depoimento de Leonardo Castilho sobre a atividade Massagem Tântrica

*O que dizer do Tantra?*

Participo de terapias, encontros a aproximadamente quase 2 anos. Foi por meio do Tantra que tive a oportunidade de me conhecer, de explorar meus sentimentos, num momento que cheguei a acreditar que para os meus problemas, traumas e sentimentos não existiam mais recuperação, estava falido, triste e com um certo desespero.

Com o Tantra pude me expressar, aprendi a ser mais sincero comigo mesmo e acreditar que eu era capaz de ser feliz e principalmente dominar a mente, corpo, alma e espírito.

Depois de 1 ano e meio de terapia chegou o momento de desvincular da terapeuta e começar a caminhar com as próprias pernas. Não vou mentir, fiquei com medo! Mais aprendi com o tantra a enfrentar as adversidades de uma forma mais leve e serena.

Tirando a adrenalina que a vida me impunha e a forma que minha mente pensava para solucionar os meus desafios, eram angustiantes.
Aprendi que não existe dificuldade, existe desafios.
Aprendi a ser um homem melhor, mais amigo e cuidar do próximo.
Aprendi a ver o amor
Aprendi o que significa a entrega
Aprendi como respeitar muito mais o próximo
Aprendi a entender o sexo feminino
Aprendi a não levar tudo a ferro e fogo
A ser mais calmo e resiliente
Aprendi a enfrentar as minhas adversidades e continuar

Sabe quando você tem um sensei (saraha) e você vai subindo de faixa?

Agradeço todo amor que me foi proporcionado nas terapias e nos encontros. Gratidão é o que tenho por ti Saraha.

Leonardo Castilho

Conheça a instrutora desta atividade:

Anand Saraha (Adeh)

Terapeuta Corporal, Sexological Bodywork (Educadora e Sexóloga Sexual Somática), Renascedora, Instrutora de Cursos Individuais e em Grupo, facilitadora de vivências em grupo para mulheres, workshop para casais e palestrante. Credenciada desde 2011 utiliza o Método Deva Nishok de Massagem Tântrica, Educação Sexual Somática, Respiração para [...] Veja o perfil completo