Aceitação

Aceitação

publicado por

A gente tem tanto a crescer quando o assunto é aceitação, né?

Passamos a infância sendo ensinados que devemos competir o tempo todo, temos que ser “o melhor nisso, o melhor naquilo”. Somos submetidos a comparações, nos dizem que “fulano é mais inteligente, mais esperto, mais legal, mais divertido, mais rápido, faz tudo melhor”.

E a gente vai se moldando, acreditando que para ser amado precisa estar em um determinado padrão. Passa a vida correndo para atender as expectativas dos outros e acaba que vai se perdendo completamente de quem se é, nos tornando seres cheios de máscaras sociais, engessados, sem nenhuma espontaneidade. E como não conseguimos alcançar todos os padrões desejados, nem mesmo conseguimos nos aceitar. Sofrendo, nos cobrando, fazendo um mal enorme a nós mesmos, vamos entrando na engrenagem e nos tornando seres sem vida, sobrevivendo apenas. E esse modelo vai sendo reproduzido através da educação de nossos descendentes. Família, escola, sociedade, todos contribuindo para a supressão do que somos de verdade.

Como aceitar o outro, se a maioria de nós não é capaz de aceitar a si próprio? Julgamos os outros, armados com as nossas formas de ler o mundo, de acordo com todas as programações que recebemos.

Nosso amor é extremamente condicionado. Se o outro não corresponde às nossas expectativas, não o amamos, o julgamos, condenamos, reprimimos e excluímos.

É muito comum vermos nas discussões atuais sobre política por exemplo, ódio de um lado tentando combater o ódio do outro lado. O que faz a gente pensar que o outro vai ouvir um ponto de vista oposto ao dele, e analisar se faz sentido, se está sendo tratado com ódio, sofrendo duras críticas e sendo taxado de imbecil. Ele nem ouve. Você ouviria?

Como fomos cobrados por perfeição, acreditamos que o outro, para receber o nosso amor, deve se encaixar no nosso padrão de perfeito. E nada precisa ser assim. Claro que ninguém tem que conviver com alguém que nada tem a ver consigo. Mas deixe que o outro seja como consegue ser. Afaste-se se quiser. Mas não é legal impor a alguém que seja como esperamos, que seja de uma forma que conseguiríamos amá-lo. Que esteja dentro da nossa visão de certo, bom, adequado, que nada mais é que o nosso ponto de vista, e só isso.

O que tem que mudar é a nossa necessidade de mudar o outro. Mudar o outro é uma coisa que não dá pra fazer. Mudança é interna. Só se muda a si próprio. É possível que o outro sinta-se inspirado a mudar pelas suas atitudes, mas a escolha é dele. Conversar, mostrar o seu ponto de vista com amorosidade, trazer ideias novas, possibilidades de mudança e crescimento são válidas. Mas se não fizer o menor sentido para a pessoa, pra que impor ainda mais coisas do que já lhe foram impostas uma vida inteira? Seria violentá-la ainda mais.

Cabe a cada um escolher esse caminho, como quer ser e viver, o que lhe traz alegria e paz, tranqüilidade, sossego, o que o diverte, o que o nutre, o que o faz sentir-se vivo, mesmo que não sejam escolhas conscientes, mas programadas. Se a pessoa se sente bem assim, tudo bem. Podemos escolher com quem queremos nos relacionar na intimidade.

Querer mudar o outro a pulso é uma super violência. Cada um está em um momento de vida, em uma busca pessoal, e isso precisa ser respeitado. Vamos trazer consciência à nossa vida e deixar que cada um seja como consegue ser agora. Que a gente possa exercitar um olhar sem julgamento até pra nós mesmos e enxergar verdadeiramente o divino que há em todos os seres, com uma profunda aceitação do que somos e como somos nesse momento. Sem cobranças e atitudes maldosas, mas com sobriedade e amor.

Vale a pena a reflexão e a observação de si com relação aos julgamentos sobre si e sobre os outros. Perceber quando se está fazendo isso é um bom passo. E de passo em passo a gente vai crescendo e abrindo espaço para a aceitação. Bora lá?


Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta tântrica, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades: * Sensitive Massagem* Êxtase [...]

Veja o perfil completo




Outras reflexões

Se dê um tempo das loucuras do dia a dia, das pressões que lhe são impostas, das preocupações que te atormentam, das coisas que são chatas,...
No nosso ultimo artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. Abordamos aonde eles atuam que são...
São tantas as preocupações que rondam nossas mentes e as permitimos tirar a nossa paz desde a infância e ao longo de toda a nossa vida. É...
No nosso ultimo artigo, falamos sobre o tema Obsessão o que é e como se limpar disso? E qual a relação com a energia sexual?- Parte 2 aos...
Independente se você dirige seu próprio negócio ou tem seu emprego, você pode sentir que está perdendo de vista seus objetivos e motivação....
Você conhece o Kundalini? Mesmo que o termo não lhe seja estranho, é provável que esteja pouco familiarizado com seu conceito. Afinal,...
Você conhece algumas das posições tântricas mais propícias para o prazer feminino? Dentro de um relacionamento de longo prazo, o sexo...
O contato com o Tantra possibilita uma espécie de sabedoria que não é o saber racional e lógico usual, da forma como o conhecemos. Santo...
Me dói (e muito), mas não sei bem onde... A qualidade da nossa infância determina o tipo de adulto que seremos e/ou somos. Todas as...
De acordo com uma pesquisa recente sobre o comportamento sexual no nosso país, metade dosbrasileiros está insatisfeita com sua vida sexual....
Estou sempre trazendo o tema da massagem tântrica e como a respiração é uma das maneiras pelas quais a massagem consegue acalmar e relaxar...
Veja todos

Eventos com data marcada

junho 2024 Vila Mariana SP
  • 10 a 16 junho 2024
  • Espaço Junior Terapeuta - Vila Mariana
  • segunda 8h a domingo 20h
  • Perfil de Junior TerapeutaJunior Saiba +
junho 2024 Itapeva MG
  • 14 a 16 junho 2024
  • Nível Avançado - Pré-requisito: Ter participado de alguma edição da Delerium
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 17h
  • Perfil de Shantideva (Osmar)Shantideva Perfil de Antar PremaliPremali Saiba +
junho 2024 Garopaba SC
junho 2024 Brasilia DF
junho 2024 Goiânia GO
junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Vila Madalena SP
junho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 23 junho 2024
  • Espaço Shiva Shakti
  • domingo 8h30 às 18h30
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Goiânia GO
julho 2024 Caxias do Sul RS
  • 13 a 14 julho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
julho 2024 Vila Madalena SP
  • 13 a 14 julho 2024
  • Arte do Toque
  • sábado 9h a domingo 17h
  • Perfil de Kareem RodriguesKáarem Saiba +
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 5 a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
  • 16 a 18 agosto 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
  • 18 a 20 outubro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
  • 6 a 8 dezembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 20h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG