A Revolução da Escolha

Tantra para LGBTQIA+

A Revolução da Escolha

publicado por Prem Dinoo (Alfredo Netto)

tags: Tantra, Terapêutica Tântrica, Disfunções Sexuais, Tantra para Homens, Relacionamentos, Sexualidade, Terapia Tântrica

A grande maioria do público LGBTQIA+ sofre um tanto mais quando o assunto é sexualidade. Os conflitos internos e as dificuldades nas relações do dia a dia são uma constante. Na nossa sociedade atual não é permitido ser quem somos com tranquilidade, paz, respeito e segurança. Os movimentos ainda precisam ser ocultos e reservados para que possam ser seguros. Estamos avançando, mas o preconceito, a intolerância e a desinformação ainda são muito grandes.

Toda essa não permissão e não naturalidade para sermos quem somos, acarretam ainda mais bloqueios e traumas relacionados à vida sexual do público homoafetivo. Vamos crescendo nos sentindo aberrações, totalmente desconectados dos nossos corpos, do nosso prazer. Sem a legitimação dos nossos desejos pela sociedade, passamos a vida vivendo como inadequados, nos enchendo de culpas. Quanta perda de energia não é mesmo?

A falta de educação sexual, de conhecimento do próprio corpo, de acolhimento das diferenças e de espaços seguros para falar e se informar sobre sexualidade, gera muitos problemas na base da nossa sociedade, que é feita de relacionamentos. E vida é relacionamento, não temos como fugir disso. A maior parte desses problemas se tornam obsessões, pois estamos falando da energia sexual, que é a mesma energia vital, energia geradora e criadora da vida. Se essa energia não flui dentro de cada ser humano de uma forma equilibrada, os prejuízos são enormes para cada indivíduo em si e para o todo em geral. Precisamos falar sobre isso.

Comportamentos extremistas como a repressão e a compulsão sexual trazem muito sofrimento. E esse está sendo o principal resultado das nossas relações, o sofrimento.

Como não somos orientados a lidar com a energia mais poderosa que nos habita? Tudo isso é muito louco.

O tabu do sexo contribui para o aumento de IST, de abusos físicos e psicológicos nas relações, aumento de casos de depressão, ansiedade, suicídio etc. É um assunto que quase ninguém fala sobre, mas todo mundo pensa e tem alguma questão que gostaria de compartilhar, de curar. Para o público homoafetivo essas questões vêm acrescidas de problemas ainda mais agudos de autoestima, rejeição, violência e não pertencimento. Quem ganha o quê quando silenciamos o assunto do sexo?

Movimentar a energia sexual de uma forma equilibrada para o público LGBTQIA+ é um desafio para poucos da comunidade. Falta liberdade de expressão, informação, união, respeito e acolhimento às diferenças, até mesmo entre os próprios integrantes da comunidade.

O autoconhecimento é a chave e o tantra é um caminho muito resolutivo. Através da energia sexual, que é a mesma energia que nos vicia, nos prende, e nos deixa refém do corpo e dos nossos instintos, podemos nos libertar e acessar a nossa parte mais luminosa. Para quem está realmente sofrendo e quer sair desse lugar, a terapia tântrica pode te virar do avesso. Além de ressignificar o prazer sexual, ampliar a capacidade orgástica do corpo e região genital e contribuir para a cura de disfunções sexuais e liberação de emoções presas no corpo, o tantra te convida para um novo olhar para a vida, para o teu corpo e para o sexo, um olhar amoroso cheio de presença, conexão, sacralidade e consciência. O mergulho nesse caminho pode acontecer através das meditações tântricas (ativas), da massagem tântrica, de workshops, vivências em grupo para casais e pessoas solteiras, cursos livres e de formação em terapia tântrica. É um processo de desenvolvimento pessoal pela energia sexual, podemos chamar também de terapia do prazer.

Esse foi o meu caminho de homem gay que se assumiu aos vinte anos (em 1998) e que caiu na esbórnia por mais de uma década. A cura chegou com a ressignificação do toque, de questões de abuso, autoestima, compulsão sexual e hiv. Hoje, há cinco anos atuando como terapeuta tântrico e vivenciando minha sexualidade com consciência, escolho a vida sexual que quero ter. Essa é a minha revolução. Não sou mais refém. 

E você? Consegue fazer escolhas conscientes na sua vida sexual? O que te dá prazer e te traz paz ao mesmo tempo?

Prem Dinoo (Alfredo Netto)
Com formação pela Comunna Metamorfose, utiliza o método Deva Nishok como caminho de autoconhecimento e desenvolvimento sensorial. Realiza atendimentos individuais com a massagem tântrica (Sensitive, Êxtase Total, Yoni/Lingam, G/P-Spot), com as meditações ativas e com renascimento. É também palestrante e facilitador de encontros com bate-papo [...]

Veja o perfil completo

Outros reflexões para você

Você já maldisse alguma parte do seu corpo?Já sentiu ódio de algum pedacinho seu?Já fez um mal enorme às suas células desejando que seu...
Todos nós temos a capacidade de lutar por nossos ideais, de buscar o que desejamos e necessitamos, assegurando nossa sobrevivência e também...
Movendo energia, movemos amor. Movendo energia, movemos quem somos a partir do nosso centro de poder. Movendo energia, movemos nossa luz....
Para os humanos o corpo e seu funcionamento sempre foi algo fascinante, existem muitas teorias para explicar o processo entre vida e morte....
Digo, SENTIR MESMO!Em qualquer lugar, a qualquer momento.Sentir, escutar, perceber.Geralmente só prestamos atenção quando ele reclama....
A menopausa É um declínio natural nos hormôniosreprodutivos quando a mulher atinge a faixa etária de 40 anos. Os ovários param de produzir...
Vivemos em uma sociedade que perdeu o corpo. Curioso ver que estamos ao mesmo tempo obcecados pela estética e pela saúde - aparência e...
Vivemos sempre em dualidade: Bem e mal, luz e sombra ,frio e calor. Apesar do aparente contraste entre essas polaridades, olhando mais...
Quero contar um pouquinho sobre minha experiência com a sensitive massagem. Eu tinha pouco menos de 30 anos quando tive o primeiro contato...
Fiz esse texto para falar sobre traições amorosas, onde muitas vezes relacionamentos chegam ao fim, e tem aqueles que tudo suportam e...
Todos aqueles que já tiveram um relacionamento mais longo sabem que, mesmo depois daqueles primeiros meses juntos em que não se cansam um...
Há tantas situações na vida em que isso pode acontecer... O que te tira do sério? Tira a sua paz? O que te traz a raiva à tona em questão...
Ainda na continuidade sobre o que conversamos no encontro passado, muito pode-se conversar sobre o que encontra-se por trás nas entre...
No tantra o órgão genital masculino é chamado de lingam, que Em sânscrito significa coluna de sustentação. Órgão capaz de ficar ereto...
Quando falo para as pessoas que sou Terapeuta Tântrico suas expressões sempre mostram um misto de curiosidade com desconfiança. E uma série...
A Massagem Tântrica é uma ferramenta terapêutica usada para que o ser humano possa restabelecer a potência orgástica, depois abrir o...
O desenvolvimento por meio do Tantra nos torna capazes de sentir e perceber nosso corpo como nunca havíamos antes.A correria do dia-a-dia...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...