Como escolher o sexo do seu terapeuta tântrico?

A cura do feminino na massagem tântrica

Como escolher o sexo do seu terapeuta tântrico?

publicado por

tags: Tantra, Massagem Tântrica, Terapêutica Tântrica, Tantra para Mulheres

Uma vez eu li em um livro que tratava de cura pélvica feminina que existem determinados traumas que somente um homem poderia curar numa mulher. A afirmação parecia forte demais e me intrigou. 

Mas faz pensando mais profundamente fazia sentido porque, considerando minha história pessoal (e a de muitas outras mulheres), muitas das minhas feridas emocionais haviam sido produzidas desde pequenas pelos homens ao meu redor. E eu pensava, nada mais justo, que a cura do meu corpo e da minha sexualidade viesse através de mãos masculinas. Através do toque consciente e amoroso de um homem, talvez o oposto do que eu vinha experimentando.

Foi assim que busquei sempre terapeutas homens. Algo em mim desejava que o outro extremo da polaridade me curasse dos traumas sexuais e emocionais que sentia desde a infância e que eu já estava pronta para liberar.

Foi inegável que os terapeutas com quem passei por processos de cura e massagem fizeram uma grande diferença na minha vida. Foi através das mãos de um terapeuta homem que, depois da minha primeira sessão, acessei memórias de dor e sofrimento dos meus antepassados e os trouxe à superfície para serem curados. Foram através de mãos masculinas que, após a segunda sessão de massagem tântrica, me senti tão bem e feliz comigo mesma que a sensação perdurou vívida e maravilhosa por uma semana inteira.

Com um terapeuta de mãos amorosas  eu tive a minha primeira ejaculação, orgasmos múltiplos, e foi através do tantra (combinado com outros processos terapêuticos) que minha vida íntima desinibiu e floresceu em níveis nunca antes experimentados por mim.

Contudo, algo me chamava para trabalhar com mulheres. Uma energia suave que convida a experimentar a vida com ainda mais amorosidade. Embora eu atenda homens e mulheres, sentia uma familiaridade com o desenrolar dos processos femininos que, obviamente, minha vivência como fêmea me ajudavam a compreender. E foi assim que pela primeira vez, na Sadhana Comunna, recebi uma sessão de massagem de uma mulher.

Uau! Algo estava acontecendo de diferente nos meus processos internos!

Por bendição do universo, a terapeuta era uma mulher com uma energia feminina e materna muito forte. É engraçado pensar que isso possa fazer diferença numa pessoa que te toca com o objetivo de ter dar um orgasmo. Mas não é que fez?

Uma das imagens que me tocam e que guardo na memória foi o momento em que a terapeuta tocou a região entre o primeiro e segundo chacra, bem na altura do útero. De alguma forma, a imensidão da energia feminina me invadiu e eu me senti bem comigo mesma. Eu queria mais. Muito mais. Aquela energia era exatamente o que o meu corpo precisava, o que o lado feminino da minha psique necessitava para se curar.

Não surpreendentemente, eu vi a imagem da minha mãe nesse processo. Entendi, instantaneamente, o quanto das minhas frustrações e inibições sexuais estavam relacionados às imposições que ela tentou realizar no desabrochar da minha vida sexual. E também das imagens que eu introjetei da maneira como ela se relacionava amorosamente com meu pai.

O caminho da cura do próprio feminino é longo, gostoso, por vezes cheios de memórias dolorosas, mas único. Nas sociedades matriarcais de milênios atrás as mulheres se encontravam para compartir. Tudo. Os ciclos menstruais, as emoções, os momentos ritualísticos de conexão espiritual, a maternidade… e, pela maneira como nós evoluímos como animais, o contato com o outro é importantíssimo para fundamentar quem somos. É através dos cheiros, do comportamentos e da observação do bando que aprendemos a ser. E é através de outras mulheres que aprendemos sobre o feminino.

Depois dessa primeira experiência, fiz uma reverência profunda às experiências de tive com terapeutas homens, e escolhi continuar meu processo de desenvolvimento com uma mulher. Traçando meu caminho de volta ao meu corpo e ao meu feminino mais profundo.

Essa experiência me levou à reflexão sobre a importância de mulheres passarem pelo processo de orgasmo terapia com outras mulheres e homens passarem pelo mesmo processo com outro homem. Tudo independente de orientação sexual. É importante lembrar que a terapia tântrica é o que o nome já diz: uma terapia. Logo, devemos sempre que possível, dissociar a escolha de nossas preferências sexuais e permitir escolher não o que queremos, mas o que precisamos para nos curar.

Eu precisava dos toques de uma mulher. Você, do que precisa? :)

Gise Mello
Atendo homens, mulheres e casais de todas as orientações sexuais e identidade de gênero com massagem e terapia tântrica nas seguintes técnicas: SensitiveÊxtase TotalYoni e Lingam massagemG-spotP-spotEstá indicado para pessoas que: sentem dificuldade de sentir prazer, sofrem com anorgasmias ou outras disfunções sexuais (impotência, ejaculação [...]

Veja o perfil completo




Outras reflexões

Nem sempre é fácil assumir as nossas sombras, nossos monstros, nosso lado sombrio e obscuro. Aquele lado que geralmente a gente tenta...
Da vergonha: De ser quem se é.De gostar do que gosta.Da sua história de vida.Da sua condição social.Do seu corpo. Da dureza: No olhar.Nas...
Aplicativo de relacionamento moderno, simples e prático, a ferramenta veio para facilitar que pessoas possam encontrar parceiros(a),...
A medida em que o mundo se desenvolve e que a nossa sociedade se moderniza, o único problema que ainda não podemos evitar é o estilo de...
A gente vai vivendo e naturalizando coisas que não são naturais. Muitas vezes já não conseguimos perceber o quanto há de violência ao nosso...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. No último artigo, iniciamos a...
O orgasmo é muito benéfico para a nossa saúde em todos os sentidos. Provoca intensas sensações de prazer, de êxtase, de conexão com o...
O Tantra no ocidente é cercado de mistério e admiração. Para alguns praticar o Tantra é quase o mesmo que praticar o Kama Sutra, para...
Há diversos fatores que levam uma mulher a permanecer num namoro ou casamento, mesmo sendo ruim/abusivo, eis alguns:- Baixa autoestima.-...
Os Kama marmas são zonas erógenas do corpo, sendo não tão obvias quanto às que geralmente conhecemos, e que acessadas através de estímulos...
Erotismo são basicamente mecanismos mentais que reforçam nosso desejo sexual, podendo nos levar a picos de excitação e orgasmos muito...
A doença, segundo a filosofia dos florais, é o resultado do conflito que surge quando a personalidade (as características próprias e...
Veja todos

Eventos com data marcada

junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Vila Madalena SP
junho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 23 junho 2024
  • Espaço Shiva Shakti
  • domingo 8h30 às 18h30
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Goiânia GO
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Caxias do Sul RS
  • 13 a 14 julho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
julho 2024 Vila Madalena SP
  • 13 a 14 julho 2024
  • Arte do Toque
  • sábado 9h a domingo 17h
  • Perfil de Kareem RodriguesKáarem Saiba +
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 5 a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
  • 16 a 18 agosto 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
  • 18 a 20 outubro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
  • 6 a 8 dezembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 20h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG