Quem é o Gerenciador de sua Vida?

A responsabilidade deve partir de mim

Quem é o Gerenciador de sua Vida?

publicado por Deva Dasi (Abigail)

tags: coaching

Eu estava estes dias pensando a respeito de tudo o que ocorreu em minha vida, e me senti imensamente grata por todas as situações que vivi, sejam essas boas ou não tão boas assim. E por que a Gratidão faz parte disso? Porque através de todas as minhas experiências fui capaz de seguir adiante, de estar realizando sonhos, de me sentir livre.

Nem sempre me senti dessa forma, principalmente antes de ter a consciência de minha responsabilidade em meus sucessos e fracassos. Mas a partir do momento que parei de me colocar na posição de vitima e fui para a posição de observador, tudo começou a mudar, a fazer sentido.

Talvez você não saiba, mas trabalhei por 9 anos da minha vida com Engenharia de Projetos. E, apesar de me doar integralmente aos projetos que fazia, não me sentia reconhecida pelos meus esforços. Sendo assim, criei um mundo no qual em minha cabeça , só eram promovidos os "puxa-sacos", os que tinham o famoso "QI".

Contudo, sou uma pessoa movida a desafios. E quanto mais eu me enraivecia pelo fato de me sentir injustiçada, mais árduo trabalhava e entregava para os meus projetos, só para provar a todos que eu era sim capaz de fazer tudo que eu quisesse.

O problema é que nunca ocorria o que eu realmente esperava: o reconhecimento, o aumento, a promoção de cargo. E junto com o sentimento de injustiça, me vieram pensamentos sobre a minha capacidade, sobre o real propósito de continuar a entregar tanto, sem receber nada em troca.

Foi a partir daí que decidi fazer alguma formação a mais, para que meu currículo ficasse melhor e pudesse conseguir outro emprego. E então decidi que faria uma Pós-Graduação em Administração de Empresas, para alcançar um título de liderança que eu já exercia há muito tempo (desde a minha formação acadêmica para ser mais precisa).

Coincidentemente, na pós tinha uma disciplina chamada Criação e Viabilidade de Projetos. E na minha grande arrogância em achar que já sabia tudo o que o professor diria, mal assisti às aulas, e o resultado foi ter que fazer uma prova substitutiva para alcançar a nota de aprovação.

E em um dado momento da explicação do professor sobre a minha nota na prova, ele disse a célebre frase: 

"Tudo nesta vida é um projeto. Até a sua vida é um projeto. Se você não estiver gerenciando a sua vida, pode ter certeza que tem alguém fazendo isto por você, ou a sua empresa, ou a sua família, ou o companheiro..."

Pá! Pá! Pá! Foi o som que escutei mentalmente de várias bofetadas em minha cara... Comecei a refletir: Quem é que está gerenciando a minha vida? Sou eu mesma? Por que me sinto tão infeliz assim? Será mesmo que a culpa é da empresa? Da equipe? Dos "puxa-sacos"? Da minha família? Do governo?

Para minha grande supresa, percebi que eu realmente não estava gerenciando a minha própria vida. E quem era o culpado de ter colocado outra pessoa (ou instituição) nessa posição de gerência? MINHA.

Fui eu mesma que permiti que isso acontecesse comigo. E só cabia a mim mesma resolver o problema do meu próprio projeto.

A partir disso, e com uma imensa gratidão por ter percebido a tempo de mudar, fui buscar recursos para gerenciar a própria vida. E que recurso foi esse? Autoconhecimento através de um processo de Coaching. Neste processo, embora não tivesse a clara percepção de onde gostaria de chegar, foi fundamental para redescobrir habilidades, desejos, anseios, valores... Foi fundamental para que eu assumisse meu papel a ser desempenhado neste mundo, para assumir e viver a minha verdade, assumir as responsabilidades sobre os meus sucessos ou insucessos.

Não foi nada fácil, não está sendo fácil, pois uma vez que você retira alguém da posição de "gerente de sua vida" você pode sofrer retaliações. Podem tentar te desmotivar, tentar te diminuir, tentar te convencer do contrário, fazer com que você volte atrás.

Mas... de quem é a vida mesmo? De quem é a escolha? De quem é a liberdade? De quem é a responsabilidade? Única e exclusivamente SUA. E pouco importa a sua idade, quantos anos você tem de experiência, se tem títulos ou não, sempre é hora de mudar, de ocupar um lugar que é seu por direito!

E com você? Quem gerencia a sua vida? O seu projeto e bem mais precioso? Espero que essa posição de gerência esteja muito bem definida para você e para todos ao seu redor!

Deva Dasi (Abigail)
Escritora, autora do livro "Entendendo o mapa da Mina", coach de Relacionamentos e Sexualidade e Terapeuta Especializada em Disfunções Sexuais pelo Tantra, procura unir o mundo masculino ao feminino por meio da empatia e dos anos de experiência adquiridos com o trabalho com homens na [...]

Veja o perfil completo

Encontre atividades próximas à você:



Outros artigos interessantes para você

Afetividade é a relação de carinho ou cuidado que a pessoa tem consigo mesma ou com alguém que lhe seja íntimo ou querido. É um estado...
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
Processos terapeuticos tântricosNo começo, anos atrás... eu sempre achava um desafio falar a respeito da massagem tântrica, eis um tipo de...
O mundo ao seu redor é um reflexo de seus pensamentos. O mundo à sua volta é apenas o que você acredita que ele seja. Sua percepção está...
Para muitos homens, o incremento da relação com um vibrador ainda é um tabu. "mas eu consigo fazer ela gozar sem usar um vibrador" "ela vai...
Chamada de “dispareunia”, a dor que ocorre durante as relações sexuais pode representar para as mulheres um empecilho maior à satisfação...
A palavra integrar significa “fazer parte de algo”. A sensação ou a idéia de pertencer a algo, alguém, um grupo, ou a um trabalho...
[ arte por Leonid Afremov "Moments of Pleasure" ] A herança da criação patriarcal repressora e religiosa faz muitas mulheres não se...
De acordo com uma pesquisa recente sobre o comportamento sexual no nosso país, metade dosbrasileiros está insatisfeita com sua vida sexual....
"Sim. Eu não quero me mostrar a mim mesmo ou aos outros." Mas você tem que decidir isso. Essa é uma das coisas mais básicas a ser entendida...
Aqui é a Pema e o Thiago compartilhando nossas reflexões a respeito do relacionamento íntimo entre duas pessoas. No relacionamento íntimo...
Esta é uma entrevista que foi concedida por email para a Revista Men's Health, em 14/05/2015. Pela importância das informações descritas...
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imagina. Estudos recentes mostram que 10% a 35% das pessoas apresentam...
Arte de Jana Brike Uma das perguntas mais freqüentes que eu recebo é: “Como faço para ter orgasmos?” e um dia destes, no final de um...
Veja todos

Quer receber conteúdo exclusivo no conforto do seu email?

Assine nossa newsletter!

Receba conteúdo exclusivo sobre Tantra e atividades: