Muito prazer, Tantra!

Muito prazer, Tantra!

publicado por Paula Bellegard

tags: Tantra

Hoje em dia a palavra Tantra no Ocidente ainda é muito confundida com sexo, infelizmente!

O tantra no entanto é uma filosofia tão antiga e misteriosa que é muito difícil encontrar pessoas que estão de acordo com seu significado.

Tantra em sânscrito significa trama, tecido mas também pode significar a realização de um ritual, uma doutrina, uma tecnologia entre outras infinitas possibilidades.

Inclusive quando nos referimos ao tantra como uma prática espiritual é provável que nos deparemos com muitos opiniões distintas, o fato é que por ser um ensinamento considerado subversivo, em muitas ocasiões se manteve oculto e muitos de seus ensinamentos ficaram perdidos entre gurus e discípulos que o mantinham em absoluto segredo.

Ninguém sabe exatamente quando começou, mas muitos especialistas acreditam que suas sementes surgem de sociedades matriarcais xamânicas. Diante das diversas filosofias da tradição védica como por exemplo o budismo e o jainismo que hoje de uma maneira geral conhecemos como hinduísmo, a diferença que se estabelecia entre elas é que todas segregavam por razão de gênero ou casta enquanto o tantra acolhia uma classe média que não era bem recebida por estas religiões e oferecia ao buscador uma participação direta com o divino e a crença de que o corpo é a forma legítima de encontrar a iluminação.

O fato é que nos dias atuais, quase nada mudou, a fixação pelo externo tornou a mente humana a sua maior inimiga, o mundo clama por auto- conhecimento e enquanto não desconstruirmos a idéia de que o divino se manifesta fora e que o paraíso é um espaço externo, continuaremos a ver nações se destruindo em nome de Deus.

Aprender a usar seu corpo a seu favor, é um presente magnifico.

Se não sabe usar-lo como viverá? Se você não sabe como utilizar sua própria energia a seu favor como poderá ser impactante em algo?

É necessário eliminar toda dualidade, reconhecendo o corpo como um mecanismo fenomenal para chegar a iluminação.

A cura se manifesta quando olhamos para nós mesmos e nos reconhecemos como nossa própria medicina. Lembre-se você é parte do divino e merece todo o prazer que habita em seu ser.

Que a epidemia do amor nos invada!

Deusifike-se

Paula Bellegard
Apaixonada pela cultura oriental, minha busca é pelo autoconhecimento! O tantra nós ensina que se nos aceitarmos com braços abertos, podemos converter tudo o que aconteça em uma experiência transformadora.É sobre entender que a energia sexual oferece um caminho poderoso para a criação, que o [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?