RELAXA.. E GOZA!

RELAXA.. E GOZA!

publicado por Sasha Cali

tags: Tantra, Terapêutica Tântrica, Tantra para Homens

O Masculino relaxado no seu poder.

Dentro do que você busca no Tantra e se propõe a praticar o que realmente te sustenta na pratica dessa filosofia na sua vida? Muitos homens procuram os ensinamentos que o Tantra pode proporcionar com a visão de um sistema de embasamento do masculino relacionado ao sexo ou ao aumento do prazer ou a durabilidade da ereção. Está errado? Acredito que não. Por definição o Tantra nada nega, afinal, por objetivo é justamente o acolhimento de tudo que é, uma teia que sustenta e segura toda sua natureza, da mais reprimida a mais exacerbada, te levando ao contraste do equilíbrio destes polos.

Numa sociedade de base patriarcal e falocêntrica, justificar o masculino e seu desempenho longe do falo, é quase uma afronta a uma sociedade que levou séculos em construção numa constituição do emprego das manobras do homem ao seu desempenho como machos referenciados (quase exclusivamente) ao seu membro.

Uma série de crenças e valores ligados a essas performances exige do homem um nível de desempenho que se torna uma prisão ao qual nenhum escapa ileso dessa obrigatoriedade de expressar sua natureza mais intima e instintiva retratada ao desempenho unicamente do pênis. A projeção do arquétipo Alpha na espécie os limita de forma quase que absoluta ao que vocês podem oferecer num único e limitado estagio de troca, que por fim não se torna completude numa relação unicamente traduzida a manobra sexual.

A etimologia da palavra Alpha nos permite entender essa disputa em território natural dos homens por um espaço de expressão na sexualidade. Alpha é a primeira letra do alfabeto grego, com valor numérico um (1), aquilo que dá princípio e origem, ou seja, pela numerologia é o princípio primordial do masculino em sua energia perfeita e pura, se apropriar em ser o primeiro, o ativo, o magnânimo dentre todos os demais. Quando você está nesta energia sem que relaxe em sua própria natureza a pressão se torna enorme e sua condição com sua energia sexual será sempre de retratação ou retaliação num espaço inexistente.

E o que necessariamente significa relaxar na energia do seu masculino? É simplesmente se permitir sentir, se envolver, se entregar de forma apropriada de tudo que lhe compõe e que não se referencie somente ao seu membro e aos instintos mais primitivos que lhe compõe. Osho em sua obra O Livro dos Homens, traz reflexões de extrema importância e que não deveria passar incólume a nenhum Shiva que se faz presente em assumir esse caminho do Tantra em suas vidas, mesmo que somente com direcionamento à expressão da sexualidade e que comporta inúmeros trajetos que não só a troca com parceiros ou parceiras.

“O ato sexual comum é exatamente assim, mas os moralistas dizem o contrário: “Não se envolvam, não ‘curtam’”, “É como os animais fazem”. Está errado! Os animais nunca desfrutam, só o homem pode desfrutar. E quanto mais fundo o homem puder desfrutar, mais elevada é a espécie de humanidade que nasce. E se o sexo se tornar meditativo, enlevado, será possível tocar o nível mais elevado. Mas lembre-se do Tantra: é um orgasmo do vale, não uma experiência de pico. É uma experiência de vale!(...) E com uma experiência de sexo tântrico é possível sentir um profundo relaxamento o dia todo.”

A atemporalidade linear e fixada em ser assertivo com o prazer que se conhece e se ensina em muitos meios, inclusive em nossas casas, onde você é prontamente atendido dentro das suas expectativas orgásticas, cai por terra quando o homem de fato assume querer o Tantra para melhorar seu contexto, mesmo que em termos de expressão de performance. Afinal essa performance lhe permite respirar na ausência do egocentrismo e do falocentrismo. Lhe permite uma válida e profunda interação com seu eu e com quem mais lhe for permitido desfrutar desse abissal momento.

Esse êxtase pode se prolongar por horas, redirecionando o orgasmo para lugares que você sequer pode imaginar no seu corpo e na sua psique, além das suas emoções. Lugares que você considerava até então inóspitos por pura repetição do que se foi repassado e aprendido por uma sociedade que não lhe dá margem a expressar o que é diferente do que se estrutura.

Quando você assume esse lugar, toda e qualquer manifestação maniqueísta de ordem masculina torna-se evasivo e frugal. O relaxamento é um estado de espirito e uma manifestação inerente ao seu corpo e não mais um treino, um soltar de músculos ou afrouxamento das fronteiras que o cercam dentro e fora de si, mas algo em permanência e pertencimento do seu ser.

Esse tal vale do relaxamento, por mais que se busque uma melhor disposição para articular-se em melhor performance, está inerente à segurança de ser de todohomem que é integralmente para si, e no caminho do Tantra ela floresce na completude de expressar-se sendo seu mais alto nível em presença e em perspectiva de experimentação e entrega.

Sem pressa e pressão de articular um arquétipo coletivo há tanto existente e que demanda muita energia dentro e fora de você, é assumir um espaço onde tudo que lhe pertence seja apropriado para si. O vale do relaxamento que vive em você desperta e estará sempre pronto para ser acessado e vivido de forma ativa e não requer polimento algum de velhas pratarias e obrigatoriedades vivenciadas por algo que se aprende.

Solte o controle e desfrute de um masculino capaz de sentir, receber e dar prazer de forma ininterrupta e que não se traduz unicamente pelo ato de penetrar ou ejacular. Mas ao gozo de ser tudo em seu potencial, em seu fogo serpentino, livre dos condicionamentos e aprisionamentos que te diminuem até aqui. Sintam o verdadeiro poder de Alpha que cada um pode vivenciar sem lugar fixado em pódio estrutural algum e que se preestabeleça sobreposto a sua natureza e poder de ser únicos.

Sasha Cali
Terapeuta Tântrica Corporal, formada em todas as modalidades do Método Deva Nishok, iniciada no ISTA - SSSEX Level I (Spiritual Sexual Shamanic Experience), Terapêuta Quântica formada em Processos de Access Consciousness (Barras Access & Facelift) e Meditações com aplicações de Tons Pineais. Mestre Reikiana, Mentora [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?