A frustração no caminho de reencontrar a própria alma.

A frustração no caminho de reencontrar a própria alma.

publicado por

Ninguém disse que seria fácil ou difícil reencontrar a alma. Geralmente as pessoas que já encontraram não confessam os detalhes do caminho, então, as outras que estão na busca criam expectativa. Afinal, o Tantra diz para primeiro purificar o corpo e sentir prazer. Contudo, a palavra purificação traz uma carga: se é necessário purificar é porque existe o peso de várias situações, existem repressões, condicionamentos e bloqueios tanto do corpo quanto da mente. Existe uma tristeza velada.

E aí vem a realidade ao se participar de um grupo ou estar em uma sessão: ao final pode existir sensação de frustração, justamente pela presença dos condicionamentos e bloqueios.

Ainda assim, há tempo de usar a frustração a seu favor, antes que ela se acumule até uma "próxima oportunidade".

A frustração pode ser um dos espaços que a alma tem para se reinventar: olhar para a ilusão da expectativa criada e provar o real, sendo que a partir dali existe a possibilidade de um novo caminho. Dessa vez o caminho pode ser trilhado de forma madura, tendo aprendido que há realmente uma jornada a ser percorrida e não um milagre a ser rezado.

Aliás, muita gente confunde a ideia de que sofrer é ruim com a ideia de que eliminar o sofrimento é saudável. Às vezes nem se sabe a profundidade daquilo que se sofreu, mas naquela confusão, o resultado é o amadurecimento. Esse amadurecimento é a prole direta da dor, da frustração e da tristeza, mas se há confusão o amadurecimento desaparece.

Então, como amadurecer e sentir prazer? Não é deixar de lado a jornada, mas sim de agarrar a coragem para seguir em frente e confirmar a decisão antes tomada – eu quero, eu mereço - e aí sim amadurecer. Faz parte das bases do Tantra Original: querer, desejar, se responsabilizar.

Sim, requer coragem para observar, como um filme, que não se trata de uma única frustração e sim de um acúmulo de desafios não vencidos na vida, desejos que foram aos poucos sendo negligenciados.

Em terapia pergunto: quantas vezes algo parecido aconteceu e você abandonou, foi “deixando para lá”? Quantas vezes a vida foi deixada de lado?

Um atleta não chega ao pódio sem treinar. É preciso disciplina. É a partir disso que o corpo se reconhece e se remodela, se habitua com as sensações novas, músculos acordados, reconhecidos e reconectados. Existe alguém que já trilhou e trilha o caminho, orientando alguém que almeja estar em condição melhor.

No tratamento em uma terapia de prazer acontece algo parecido: duas pessoas se encontram, dispostas a ficar frente a frente para iniciar algo novo, às vezes revistar e na maioria das vezes superar o que levou uma delas a procurar terapia.

Os desafios são postos. Há sim um descompasso inicial, como poderia ser diferente?

No começo há muito sofrimento envolvido. Muitos desse sofrimento é omitido tanto pela fala quanto pelo corpo. Porquê? Uma série de razões, mas lembre-se dos condicionamentos e bloqueios. Assim, para desvendar é necessário o tempo.

E, então, é possível desconstruir e alcançar uma nova verdade a partir da experiência emocional de contato consigo mesmo: em seus ódios, suas angústias, suas tristezas, suas apatias, seu novo movimento, seus desejos e finalmente seus prazeres reais.

O que é vendido hoje nos filmes, séries, documentários, marketing, infelizmente conduz as pessoas a acreditar que a terapia sexual é apenas uma fonte de um alívio imediato para suas dores emergenciais como a falta de prazer. Desse modo, com uma sessão (?!), tudo ficará rapidamente organizado, como uma espécie de cura milagrosa.

E também existe um termo para este desejo: Furor Curandis, ou seja, o desejo excessivo pela cura. Todavia, na prática, em cada sessão, em cada encontro, o que norteará o terapeuta e a pessoa que busca resolver suas questões, sem dúvida, é a diminuição da angústia. Ou seja, ela existirá sim e é por meio dela que emergem todos os afetos e as turbulências emocionais que movem o sofrimento e as frustrações.

Desse jeito, a frustração, quando bem trilhada, expõe as demais angústias, passando e então desvendar o caminho dos desejos realizados e do prazer.


Prem Apoorva (Apoorva)
Consultor em saúde, Renascedor, Terapeuta Corporal, Terapeuta Tântrico, Psicoterapeuta; Instrutor e Treinador Multiorgástico de Casais; Instrutor de Cursos de Massagem (individuais, em grupo, ou privativo para casais). Com vasta experiência, tenho observado o crescimento de inúmeras pessoas no caminho do auto-conhecimento e do prazer por [...]

Veja o perfil completo




Outras reflexões

Tenho visto nos últimos dias várias vezes essa pergunta nas redes sociais “Que conselhos você daria a uma pessoa que vai se casar?”, e...
Que atire a primeira pedra a mulher que nunca fingiu um orgasmo... Isso ainda é tão comum nos dias atuais que eu fico me perguntando se...
Independente se você dirige seu próprio negócio ou tem seu emprego, você pode sentir que está perdendo de vista seus objetivos e motivação....
Você se preocupa com o que poderá encontrar, quando for para sua sessão de massagem tântrica? O que você deseja é relaxar e curtir a...
Bloqueios sexuais podem surgir por inúmeras razões. A verdade é que eles costumam se relacionar com questões emocionais, que podem aparecer...
Popularmente conhecida como buceta, perereca, periquita, priquito, xana, chavasca, perseguida, vagina, ppk, xereca, prexereca, ximbica,...
Você já maldisse alguma parte do seu corpo?Já sentiu ódio de algum pedacinho seu?Já fez um mal enorme às suas células desejando que seu...
Uma vez eu li em um livro que tratava de cura pélvica feminina que existem determinados traumas que somente um homem poderia curar numa...
Os Kama marmas são zonas erógenas do corpo, sendo não tão obvias quanto às que geralmente conhecemos, e que acessadas através de estímulos...
Veja todos

Eventos com data marcada

junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Vila Madalena SP
junho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 23 junho 2024
  • Espaço Shiva Shakti
  • domingo 8h30 às 18h30
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Goiânia GO
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Caxias do Sul RS
  • 13 a 14 julho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
julho 2024 Vila Madalena SP
  • 13 a 14 julho 2024
  • Arte do Toque
  • sábado 9h a domingo 17h
  • Perfil de Kareem RodriguesKáarem Saiba +
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 5 a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
  • 16 a 18 agosto 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
  • 18 a 20 outubro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
  • 6 a 8 dezembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 20h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG