Anorgasmia feminina

Anorgasmia feminina

publicado por

É considerada uma disfunção sexual, quando a mulher não consegue ter orgasmos de nenhuma forma. Nem mesmo quanto tem conexão com o(a) parceiro(a) e recebe estímulos por tempo suficiente. Estímulos esses, que organicamente lhe provocariam orgasmos, sem que ela tenha nenhuma questão física que a impedisse de sentí-los.

Há muitas questões a se considerar:


Todos esses questionamentos são relevantes para o direcionamento do trabalho: os exercícios de respiração e técnicas corporais que serão utilizados.

Se a mulher não tem libido, por exemplo, o direcionamento será no sentido de despertar o corpo. Toda a intervenção de massagens iniciais, será um trabalho de desenvolvimento do sentir. A Sensitive Massagem pode ajudar muito a trazê-la a sensação de que está viva, despertar a bioeletricidade corporal, trazer a sensualidade, trazer a energia sexual para o corpo todo, gerando novas sinapses neurais de permissão, de entrega, estimulando o corpo e acordando-o para a experiência do prazer.

Já para uma pessoa que tem muita libido, tem excitação, mas não sente orgasmos, o trabalho se direciona com outros exercícios, trabalhos corporais e massagem mais específica, trabalhando a yoni e o ponto G.

Cada caso, cada corpo e cada história de vida são únicos, e isso precisa ser levado em consideração. O trabalho associado à psicoterapia é bem importante. Nesse caso, não de forma analítica, mas para uma abertura maior à liberação de conteúdo psicoemocional ligado à essas questões, quanto mais se fala, mais se libera e se integra de forma natural.

Liberando os conteúdos tóxicos por meio da fala, associado às práticas corporais, podemos acessar ferramentas para ir transformando os nossos comportamentos. Quando liberamos os conteúdos e emoções, os pensamentos e sentimentos mudam. Quanto mais falamos, mais espaço interno liberamos e reelaboramos os sentimentos e pensamentos. E ao associar ao trabalho no corpo, elaboramos novos comportamentos a partir disso.

É importante ter clareza que não há como saber o tempo exato que uma pessoa que não está sentindo orgasmos, passe a sentí-los ao buscar ajuda na terapia tântrica. Ou mesmo se vai sentí-los. Cada processo é único.

Geralmente, as respostas com o trabalho por meio da massagem tântrica são rápidas. Mas é muito relativo. Às vezes, a mulher traz consigo condicionamentos e um sistema de crenças construídos e internalizados a muitos anos, e, para desconstruir e ressignificar, talvez seja preciso um pouco mais de tempo. E há casos em que, em uma única sessão já é possível ter resultados extremamente positivos, que vão progressivamente aumentando em um processo de desenvolvimento.

É preciso olhar pra cada caso com amor, com acolhimento, com calma e com as especificidades de cada um. Se permitir viver o processo. Mas olhar para ele, reconhecer e buscar a terapia para trabalhá-lo é um grande primeiro passo.

Se você nunca sentiu, ou não está sentindo orgasmos nesse momento da sua vida, a terapia tântrica pode ser uma possibilidade incrível de trabalhar essa questão.

Se quiser conversar sobre o assunto ou agendar um atendimento, estou à disposição.


Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta tântrica, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades:* Sensitive Massagem * Êxtase [...]

Veja o perfil completo

Outras reflexões para você

Sim, apesar de parecer polêmico , é tão possível assim como necessário. A nova era, a pandemia e afins trouxeram à tona e com toda força a...
A massagem tântrica nos dá permissão para celebrar o prazer sem timidez. O que quer que aconteça com você é bem-vindo, seja liberação...
No tantra o órgão genital masculino é chamado de lingam, que Em sânscrito significa coluna de sustentação. Órgão capaz de ficar ereto...
Tenho visto nos últimos dias várias vezes essa pergunta nas redes sociais “Que conselhos você daria a uma pessoa que vai se casar?”, e...
É uma infecção causada pelo crescimento excessivo do fungo cândida albicans ou monília. É bem normal esse tipo de fungo na região genital,...
Sem dureza, sem julgamentos, sem cobranças, sem pesos, sem autopunição, sem sentimentos de culpa, eu convido você a lançar um olhar de...
Desde criança não somos ensinados a lidar com as nossas emoções, temos como exemplo os adultos. Através da ótica da criança, o adulto é...
Desde bebês começamos a aprender que determinadas atitudes geram aprovação e outras geram reprovação. E na busca por sermos amados, vamos...
O sexo pode ser tão mais leve e divertido quando você entende que não precisa fazer caras e bocas.Quando você não precisa ser "a boa de...
Durante o período de isolamento, tenho recebido muitos contatos para atendimento, devido ao stress e a ansiedade que este período tem...
A disfunção erétil nos homens é semelhante à frigidez nas mulheres. Ambas as condições caracterizam-se pela inibição na resposta sexual. Os...
O vaginismo é uma disfunção sexual que gera dor na hora da relação sexual. Trata-se de um problema que afeta em torno de 5% da população...
Nem sempre é fácil assumir as nossas sombras, nossos monstros, nosso lado sombrio e obscuro. Aquele lado que geralmente a gente tenta...
Ansiedade é um estado que pode afetar a todos nesses tempos de pandemia. Saiba lidar com a ansiedade para que ela não seja a maior inimiga...
“Nossa! Não tem nem vergonha na cara!”, a essa expressão tão corriqueira entre nós, eu digo: “Quem me dera... É um objetivo pra mim! Quero...
Exercitar os músculos do seu corpo é muito importante para manter uma vida saudável e ativa. E não, não estamos falando dos bíceps, tríceps...
A diferença entre a liberdade de alguém e a autoindulgência, é que eles estão dispostos e corajosos o suficiente para integrar e enfrentar...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. No último artigo, demos seguimento a...
A libido feminina pode sofrer alterações naturais ao longo da vida, periodicamente, com altos e baixos. Porém, os casos de baixa libido...
No post que fiz sobre a cura da solidão, eu menciono que, para superarmos esse sentimento, precisamos nos preencher por dentro, por si...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...