Autobiografia em cinco capítulos

Sobre a gentileza com o processo terapêutico

Autobiografia em cinco capítulos

publicado por

1. Ando pela rua.

Há um buraco fundo na calçada.

Eu caio...

Estou perdido... Sem esperança.

Não é culpa minha.

Leva uma eternidade para encontrar a saída.

2. Ando pela mesma rua.

Há um buraco fundo na calçada.

Mas finjo não vê-lo.

Caio nele de novo.

Não posso acreditar que estou no mesmo lugar.

Mas não é culpa minha.

Ainda assim leva um tempão para sair.

3. Ando pela mesma rua.

Há um buraco fundo na calçada.

Vejo que ele ali está.

Ainda assim caio... É um hábito.

Meus olhos se abrem.

Sei onde estou.

É minha culpa.

Saio imediatamente.

4. Ando pela mesma rua.

Há um buraco fundo na calçada.

Dou a volta.


5. Ando por outra rua.

[ Extraído do livro "O Livro Tibetano do Viver e do Morrer"  Sogyal Rinpoche – Editora Talento / Palas Athena ]

Na emergência das dores causadas por nossas feridas emocionais quase sempre temos a esperança secreta de encontrar uma técnica, método ou abordagem terapêutica que solucione as nossas angústias de forma rápida e definitiva. A nossa criança emocional ferida, como toda criança, é imediatista. O texto acima traz as etapas que a meu ver, fazem parte de todo processo de auto desenvolvimento.

No primeiro momento nos vemos vulneráveis em uma situação nova. Por sermos surpreendidos, não temos uma estratégia para lidar, ficamos perdidos e levamos tempo para encontrar a saída.

Quando menos esperamos, nos vemos novamente no mesmo lugar de vulnerabilidade de antes. De novo? Sim. Somos movidos de forma inconsciente a esse lugar. Ainda não foi possível detectar um padrão de comportamento, identificar gatilhos, fingimos não ver a situação que estamos nos colocando. E novamente sofremos um monte para encontrar a saída.

E novamente um tempo depois lá estamos nós de novo. Mas algo acontece de diferente agora, já temos a intuição que aquele é um lugar de vulnerabilidade, conseguimos ver isso. Trazer para a consciência, mesmo que de forma difusa. Ainda assim caímos. É o poder do hábito. Ter consciência já é uma quebra importante, mas não resolve de imediato. Por outro lado, já assumimos a responsabilidade pela nossa condição e conseguimos sair da situação mais depressa.

Continuamos a flertar com esse lugar de vulnerabilidade, porém já conseguimos não cair nele. Até que chega o momento que simplesmente já o aprendemos a evitar, e isso acontece quase que naturalmente.

As ferramentas de autoconhecimento dos processos terapêuticos entram em cena para levar ao ganho de consciência. E com essa consciência de nós mesmos e das situações a nossa volta nos empoderamos para a mudança de hábito. O tempo que leva é de cada um. E quanto a nossa criança interna imediatista, devemos acolhê-la de forma gentil. Não dá para fazê-la parar de chorar a força, mas com o devido jeito, as lágrimas serão amenizadas e o sorriso aparecerá naturalmente.

Prem Arishiti (Paulo)
Utiliza técnicas de meditação e massagem objetivando a integração entre corpo e mente para uma nova percepção do prazer e expansão da experiência orgástica, proporcionando auto conhecimento através de um estado ampliado de consciência.

Veja o perfil completo

Outros reflexões para você

Se dê um tempo das loucuras do dia a dia, das pressões que lhe são impostas, das preocupações que te atormentam, das coisas que são chatas,...
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imagina. Estudos recentes mostram que 10% a 35% das pessoas apresentam...
É uma disfunção sexual aonde o homem demora muito para ejacular, mesmo com desejo, ereção, e excitação presentes. Alguns nem conseguem...
A prática do mantra e da paramita,a instrução em sutras e preceitos,o ensino das escolas e das escrituras,não levarão à percepção da...
A confiança é um dos elementos mais importantes para se obter sucesso.Quando realizei isso (mais do que entender) e comecei a confiar mais...
Por definição, ejaculação precoce é uma disfunção sexual masculina, diagnosticada quando o homem ejacula antes de completar 2 minutos do...
Durante bastante tempo na vida, eu acreditei que deveria dizer sim em muitas ocasiões em que no meu íntimo queria dizer não. Acreditava que...
Eu já fui tanto de guardar pra mim as coisas que senti, de me incomodar da maneira com que outras pessoas agiram comigo, de me permitir...
A diferença entre a liberdade de alguém e a autoindulgência, é que eles estão dispostos e corajosos o suficiente para integrar e enfrentar...
Algumas dicas para um momento de intimidade só seu:Reserve um tempo e local para você, onde não será incomodado;Prepare o ambiente com...
O Masculino relaxado no seu poder. Dentro do que você busca no Tantra e se propõe a praticar o que realmente te sustenta na pratica dessa...
As pessoas me perguntam frequentemente:Você consegue meditar?Como pode ficar tanto tempo, sem fazer nada?Na verdade pra mim essa também...
Pompoarismo é uma prática de fortalecimento do assoalho pélvico praticada a muitos anos, não só por mulher, mas por homens também. É...
O Tantra é uma ponte entre a velha maneira de amar e uma nova possibilidade. É a oportunidade de vislumbrarmos o impossível. É bondade e...
A sexualidade deve ser entendida como processo natural do ser humano, fonte de prazer, de bem-estar físico e psicológico. É uma forma de...
A vida tem como ponto de partida a conexão entre duas pessoas. No espaço entre o nascimento e a procriação o ser vem de uma conexão e a...
Dentre tantas abordagens e possibilidades, o que descrevo aqui é como geralmente funciona uma sessão de massagem tântrica comigo, passo a...
Quando falo para as pessoas que sou Terapeuta Tântrico suas expressões sempre mostram um misto de curiosidade com desconfiança. E uma série...
Para os humanos o corpo e seu funcionamento sempre foi algo fascinante, existem muitas teorias para explicar o processo entre vida e morte....
Poucas palavras foram tão mal interpretadas e deturpadas nas línguas ao redor do mundo quanto a palavra Tantra. Mencioná-la fora de hora ou...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...