Falo, o centro do Universo

Falo, o centro do Universo

publicado por Prem Ragini

Atendo homens como terapeuta tântrica desde 2014. E desde que comecei, muito do que eu pensava sobre eles se transformou e hoje posso a vê-los de modo amoroso e compassivo.

Minha primeira relação com o masculino foi de admiração por meu pai e por outros homens rudes e destemidos que tocavam boiadas, derrubavam novilhos e amansavam cavalos; Depois de inveja: queria a liberdade que usufruiam os garotos e muitas vezes tentei passar embaixo do arco iris para virar menino.

Adolescente, veio a raiva, causada pela inveja dos privilégios que tinham meus irmãos: dormiam até tarde, comiam a melhor comida, não faziam nada em casa, viam tevê a qualquer hora, saiam sem dizer onde iam e chegavam tarde sem dar satisfação. Que raiva!

Adulta, fui tomada pela fascinação, tesão e medo. Sim, medo porque não confiava nos homens, "Homem é bicho" - dizia mamãe. Com a maturidade, os sentimentos negativos foram amainando e outros foram surgindo devagar.

Terapeuta, fui percebendo as fragilidades e as dificuldades de ser homem.
Ao mesmo tempo que ao sexo masculino tudo é permitido, muito lhe é negado: não pode ser meigo, não pode desistir, não pode chorar, não pode vacilar e enfim nunca pode mostrar suas emoções e características femininas. Aliás sua parte feminina deve ser totalmente reprimida para ser considerado "homem de verdade".

Muitos chegam com o lingam (pênis) hipotônico descolorido, desvitalizado, gelado, sem pulsação e desconectado como se este não fizesse parte do resto do corpo. Costumo lhes falar de como esse órgão é delicado e como, no Tantra, é respeitosamente honrado pelo seu significado enquanto canal de energia criativa e prazer, definido como "coluna de sustentação", "bastão de luz".

Mas o que percebo, na escuta do corpo e na conversa em que relatam questões da infância como surras, humilhações, bullying, zoação de irmãos, assédio e molestamento, e várias dificuldades de relacionamento e do "ser homem" é que são muitas as fragilidades, as incertezas e as inseguranças. Ali deitados no colchonete, nus como vieram ao mundo, muitos se revelam meninos que precisam botar para fora o grito preso, a raiva, as mágoas e os medos.

Quantas sessões a finalização foi em meu colo?! Bem diferente essa "finalização" né?

Para finalizar quero dizer, homem, você não é o seu pênis, existe sexo sem penetração e prazer, até mesmo orgasmo, sem ereção. Você não é uma máquina sexual, você quer dar e receber carinho, amor e atenção. Siga seu coração, mostre-se vulnerável e não se preocupe em provar sua masculinidade para ninguém.

Buscar a Terapia Tântrica pode ser o primeiro passo para ressignificar e ampliar as formas de dar e receber prazer. Você pode livrar-se de tanto sofrimento e angústia, que só irão crescer se você continuar a fugir de si mesmo.

Prem Ragini
Terapeuta Tântrica, Renascedora e Instrutora de Cursos Individuais e de grupos "Curso Livre de Massagem Tântrica", com Especialização em Disfunção Sexual e formação também em Renascimento, Terapias Integradas de Respiração (TIR) e em Psicologia Budista na Sanga do CEBB no Recôncavo Baiano. Graduanda em Somatic [...]

Veja o perfil completo

Encontre terapeutas, atividades e espaços de Tantra próximos à você:



Outros artigos interessantes para você

A Experiência Oceânica é um estado alterado de consciência e percepção que pode ser alcançado através do orgasmo ou de meditações que...
Arte de Jana Brike Uma das perguntas mais freqüentes que eu recebo é: “Como faço para ter orgasmos?” e um dia destes, no final de um...
A desigualdade de orgasmos entre homens e mulheres não é apenas um problema individual. 75% dos homens chegam regularmente ao orgasmo em...
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
Entrevista conduzida por Andréia Félix: Deva Nishok: Tantra é uma palavra que, em Sânscrito, significa “Tramas”, os fios de comportamento...
O Tantra possibilita que o homem alcance o mais profundo e significativo sentimento de religiosidade que esteja totalmente impregnado de...
Você tem amigos? Como está a sua rede de amigos influentes? Que tipo de influência os seus amigos exerceram ou ainda exercem sobre você?...
Atendo homens como terapeuta tântrica desde 2014. E desde que comecei, muito do que eu pensava sobre eles se transformou e hoje posso a...
Esta é uma entrevista que foi concedida por email para a Revista Men's Health, em 14/05/2015. Pela importância das informações descritas...
A prática do mantra e da paramita,a instrução em sutras e preceitos,o ensino das escolas e das escrituras,não levarão à percepção da...
Por Deva NishokTantra é um termo amplo, pelo qual antigos estudantes de espiritualidade na Índia designavam um tipo muito especial de...
Algumas vezes, as pessoas que me procuram ficam frustradas quanto ao resultado da Terapia, pois estavam na expectativa de "uma...
O orgasmo corresponde a uma concentração de descargas bioelétricas que percorrem o corpo, gerando contrações musculares, seguidas de...
O contato com o Tantra possibilita uma espécie de sabedoria que não é o saber racional e lógico usual, da forma como o conhecemos. Santo...
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imagina. Estudos recentes mostram que 10% a 35% das pessoas apresentam...
Veja todos

Quer receber conteúdo exclusivo no conforto do seu email?