Floralterapia

Floralterapia

publicado por

A floralterapia é um recurso terapêutico que utiliza essências derivadas, principalmente de flores que atuam em quadros diversos, físicos e emocionais (BRASIL, 2018). A utilização dos florais dentro de um contexto terapêutico tem como objetivo promover um estado de harmonia e equilíbrio, proporcionando ao indivíduo a capacidade de celebrar a vida, vivendo-a em sua plenitude. Estimula a capacidade do corpo, de se curar por meio do equilíbrio de pensamentos indesejáveis, auxiliando a pessoa a ter autocontrole, a sentir-se bem consigo e a usufruir daquilo que a vida lhe oferece de bom (MONARI, 1997). As essências florais não agem devido à composição química, mas por meio da vibração da energia vital da planta. Atuam nos centros biogenéticos humanos, os quais influenciam e tratam múltiplas dimensões do ser humano – física, mental, emocional e espiritual (JESUS; NASCIMENTO, 2005).

A floralterapia pauta-se no princípio vitalista, ou seja, é uma abordagem terapêutica de caráter holístico que vê a pessoa como um todo – e não em partes. Ao contrário da Biomedicina, não fragmenta ou se utiliza de métodos invasivos para obter resultados. As doenças são sinais e sintomas visíveis da desarmonia da energia vital; e o terapeuta integrativo busca centrar sua atenção na pessoa no sentido de recuperar a sua vitalidade. Indo ao encontro da proposta de integralidade, a floralterapia pode constituir-se numa importante prática de atenção à saúde, proporcionando maior resolubilidade dos serviços em saúde (NEVES; SELI; JUNGES, 2010).

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) (1983) a floralterapia contribui para o autocuidado, sendo amplamente utilizada no mundo, por meio de produtos acessíveis economicamente e isentos de prescrição. No Brasil, a terapia floral está presente na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PNPIC) como uma das práticas recomendadas para o Sistema Único de Saúde (SUS). A Portaria n.º 702, de 21 de março de 2018, integrou-a às medicinas tradicionais, complementares e integrativas recomendadas para o cuidado e a promoção de saúde, preferencialmente na atenção primária em saúde (BRASIL, 2017).

O uso de flores no tratamento de saúde é antigo, há mais de mil anos antes de Cristo as flores já eram utilizadas com esse objetivo. Os aborígines australianos comiam flores para obter os seus efeitos; os egípcios, africanos e malaios já faziam uso das flores para tratar de desequilíbrios emocionais. Há registros de que Paracelso, no século XVI, já utilizava as essências florais para tratar os desequilíbrios emocionais de seus pacientes. Mas a floralterapia tem a sua origem em Edward Bach, médico bacteriologista e homeopata, bacharel em Medicina e Ciência e diplomado em Saúde Pública na Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Na década de 1930, na Inglaterra, o doutor Bach sistematizou o conhecimento do uso terapêutico das essências, com base na prática clínica, ancestralidade e tradição de uso. A sua descoberta ficou conhecida como o primeiro sistema de florais, chamado de florais de Bach; composto de 38 essências florais e o rescue remedy (MONARI, 1997).


Vanessa da Silva (Deva Yatri)
Psicoterapia Corporal, Terapeuta formada em Terapia Tântrica, Renascimento e Terapias Integradas de Respiração pela Comunna Metamorfose. Formada em ThetaHealing, TRE® Tension Release Exercises (Exercícios de Redução das Tensões e Estresse), Formada em Hipnose Terapêutica pelo Instituto Elsever - SP, Coaching pelo Instituto Kalíle e PSC [...]

Veja o perfil completo

Outros reflexões para você

Você já observou quantos problemas de relacionamento são causados por falta de uma comunicação clara, sincera e objetiva? Muitos de nós...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. No último artigo, demos seguimento a...
Em nossa sociedade moderna, com as rotinas agitadas e estressantes que levamos, não damos prioridade para aprendermos sobre sensualidade....
No tantra o órgão genital masculino é chamado de lingam, que Em sânscrito significa coluna de sustentação. Órgão capaz de ficar ereto...
Wilhelm Reich foi o primeiro cientista a descrever a natureza e o propósito do orgasmo como uma descarga de excesso de bioenergia com a...
Todos nós temos um objetivo de vida e, mais do que apenas alcançar uma boa saúde, ou muito conhecimento, muitos de nós procuramos também...
A Terapia Tântrica é composta por técnicas de respiração, meditações ativas ou massagem tântrica. Independente de qualquer trabalho que...
Tradicionalmente muitas(o) profissionais oferecem massagem relaxante e como atrativo atribuem o final feliz.O que seria o final feliz?...
As plantas medicinais e o ambiente natural apresentam uma grande ligação com a humanidade na história. O termo fitoterapia se origina do...
“Quando a sua sexualidade começa a se mover, esse é um bom sinal. Mostra que algo se agitou em você, que algo se tornou um movimento em...
Para algumas pessoas lingeries sexys, salto alto, se fantasiar e outros fetiches causam a sensação de estar representando um papel ou uma...
Você já se sentiu diminuído diante da presença de alguém que você admira muito? Ao nos compararmos, podemos acabar acreditando que uma...
“Escute os sons da natureza e da mesma forma escute as pessoas. Escute sem impor coisa alguma ao que você está escutando – não julgue, pois...
[ Arte "Orgasmo", de Axel Rodriguez Martinez ] Cada mulher tem seu jeito de atingir o orgasmo. Para umas, basta uma rapidinha. Já para...
Erotismo são basicamente mecanismos mentais que reforçam nosso desejo sexual, podendo nos levar a picos de excitação e orgasmos muito...
Quando vemos uma pessoa com depressão uma das primeiras coisas percebida é a forma como essa se isola. Não podemos confundir uma pessoa...
Eu fiz uma breve leitura pelo Google e me deparei com algumas matérias, em sua maioria as mulheres relatam que preferem pênis maiores, mas...
A vida produz formas. Essas formas são parte de um processo de organização que dá corpo às emoções, pensamentos e experiências,...
A questão do sedentarismo e da autocomiseração está no dia a dia das pessoas. Colocar a si mesmas para “baixo” é muito comum. De forma...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...