Tempo

Tempo

publicado por

Com a Revolução Industrial surgiram ideias como “Tempo é dinheiro”, “Não podemos perder tempo”, “Ficar sem produzir algo que gere dinheiro é perda de tempo”...

E acaba que a maioria de nós assumiu para si essas ideias como verdade absolutas. Vestimos esse modelo social imposto e o carregamos até hoje.

É importante ter consciência de que nada na vida é definitivo, que podemos fazer escolhas diferentes e transformar nossas vidas para que tenhamos mais prazer em vivê-las.

Sou professora de História, e quando pergunto aos estudantes a motivação pela qual estudam, a esmagadora maioria me responde: “Para ser alguém na vida”. Eles são tão jovens e já trazem essa ideia de que no futuro, se estudarem, se seguirem a cartilha imposta pela sociedade, podem um dia “ser alguém na vida”. Eu sempre digo a eles que já são alguém na vida, que a hora de viver e aproveitar a vida é o agora e não ficar esperando para viver futuramente, como se não tivesse valor nesse momento.

Conforme a gente vai crescendo, vai seguindo os passos que nos foram ensinados de acordo com as engrenagens sociais (estudar, escolher uma carreira, fazer uma faculdade, ter um emprego que nos pague o que consideramos um bom salário, casar, ter filhos, e tentar se anestesiar de nossas escolhas aos finais de semana). Vamos esquecendo de nos divertir, de prezar pela leveza, de celebrar a vida, de fazer o que é preciso com prazer, de respeitar as nossas necessidades vitais, de repousar, de ter momentos de puro lazer, do quanto as trocas com as pessoas que amamos são significativas e importantes.

Muitas vezes, acabamos por sobreviver, em meio a uma rotina estafante e desagradável, odiando as segundas-feiras, suportando as semanas, esperando ansiosamente pelos finais de semana e feriados, e nos sentindo depressivos nos domingos à noite. E esse ciclo vai girando da mesma forma, nos consumindo, a vida vai passando e nós estamos ali, atendendo às expectativas sociais, cumprindo as nossas “obrigações”, desempenhando nossos papéis e esquecendo que há vida a ser vivida.

Desconstruir as crenças de que “A vida é assim mesmo”, “A vida é uma luta”, “É preciso matar um leão por dia”, “Nada vem fácil”, entre outras do mesmo teor, é importante para sairmos desse modelo de sobrevivência que nos foi apresentado.

Essas imposições, ideias e crenças, apenas nos transformam em robôs desesperados por um momento que se possa sair da rigidez mecânica vigente, ou nos fazem ser ainda mais rígidos e reprimidos, a ponto de querer impor, criticar e condenar os que conseguiram se libertar.

Nós podemos repensar os modelos que nos foram transmitidos, questionar se essa é a vida que queremos, se tempo é dinheiro ou se tempo infeliz é vida desperdiçada.

Somos muito mais do que uma engrenagem na máquina, a vida é muito mais do que pagar boletos e cumprir obrigações, temos à nossa disposição muitas possibilidades de mudança. Que a gente possa se abrir a elas, enxergá-las e tomar posse do nosso poder de decisão sobre nossas vidas, e consiga encontrar caminhos que nos ajudem a sermos leves, independentes, livres, espontâneos.

Pode parecer difícil essa mudança, mas não é impossível. Podemos caminhar contínua e progressivamente rumo a nos encontrarmos enquanto seres livres e autônomos que somos. Sejamos pacientes e celebremos cada passo rumo a essa consciência de que somos verdadeiramente donos de nossas vidas.

Tempo é vida, que ele seja vivido com presença e liberdade!


Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta tântrica, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades: * Sensitive Massagem* Êxtase [...]

Veja o perfil completo




Outras reflexões

Na minha caminhada como terapeuta, tenho visto como ego e poder andam lado a lado. É uma linha muito tênue que separa ambas. Tão tênue que...
Rótulos. Vivemos numa sociedade de rótulos: A louca A bem sucedidaA drogadaA putaA macumbeiraA amanteA serva de DeusA safadaA crakudaA...
Houve um momento em minha jornada tântrica em que percebi o quão importante é entender e integrar a polaridade masculina e feminina.Mesmo...
É uma inimiga que muitas vezes passa despercebida, acomete mulheres e leva há várias complicações se não for tratada. Alguns artigos que li...
É muito comum que o homem sofra com a ejaculação precoce durante muito tempo na vida e só vá buscar ajuda quando já não suporta a angústia...
“Os hormônios são anatomia líquida, são derramamentos que convertem crianças em adultos.”...
O conceito de energia sexual no mundo moderno se resume ao ato sexual, mas no tantra a energia sexual vai muito além. Em primeiro lugar,...
Uma vez, não me lembro ao certo quem, nem onde, alguém propôs que como exercício de autoconhecimento, fizéssemos uma fofoca sobre nós...
Quantas vezes na vida, percebemos que a nossa energia caiu, nossa libido diminuiu, passamos a ter menos interesse pelas coisas que...
A história do Sagrado Feminino vem de muito longe. Do tempo que a cultura matriarcal esteve no seu auge com seus símbolos, Deusas e a...
Por volta de 2014/2015, uma colega de trabalho me mostrou uma reportagem do jornal A Gazeta/ES que falava sobre a massagem tântrica em...
Imagine uma barra de ferro sendo torcida. A tensão na barra, antes de partir, é denominada pelos físicos de “stress”. No ser humano,...
A diferença entre a liberdade de alguém e a autoindulgência, é que eles estão dispostos e corajosos o suficiente para integrar e enfrentar...
Veja todos

Eventos com data marcada

junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Vila Madalena SP
junho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 23 junho 2024
  • Espaço Shiva Shakti
  • domingo 8h30 às 18h30
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Goiânia GO
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Caxias do Sul RS
  • 13 a 14 julho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
julho 2024 Vila Madalena SP
  • 13 a 14 julho 2024
  • Arte do Toque
  • sábado 9h a domingo 17h
  • Perfil de Kareem RodriguesKáarem Saiba +
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 5 a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
  • 16 a 18 agosto 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
  • 18 a 20 outubro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
  • 6 a 8 dezembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 20h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG