Quantas coisas a gente faz pela necessidade de ser reconhecido(a)?

Quantas coisas a gente faz pela necessidade de ser reconhecido(a)?

publicado por

Desde bebês começamos a aprender que determinadas atitudes geram aprovação e outras geram reprovação. E na busca por sermos amados, vamos nos condicionando a fazer o que acreditamos que nos trará reconhecimento por parte daquelas pessoas das quais julgamos importante a opinião.

A gente se mata a vida inteira para fazer coisas na expectativa de nos sentirmos amados, reconhecidos e pertencentes.

Cabe a reflexão de olharmos pra dentro, acessarmos nossa essência e repensarmos se vale a pena tanto esforço e gasto energético.

Preocupar-se com a opinião alheia ou fazer o que transborda o coração?

Seguir os conceitos de certo e errado da sociedade em que nascemos ou se permitir conhecer e viver a própria verdade?

Fazer escolhas e ser responsável por vivê-las ou atender às expectativas que depositaram na gente?

Ser livre ou se deixar levar pela programação?

Levar a vida conforme a cartilha social ou experimentar?

Voar ou ceder à repressão?

A vida é muito vasta e abundante para nos podarmos, castrarmos e reprimirmos. Nos oferece infinitas possibilidades de escolha diariamente. Pecado é se privar da vida. Deixemos as repressões para quem as impõe. Sejamos o que somos, com acolhimento, amorosidade, verdade, inteireza, honestidade, aceitação e busca por autoconhecimento e crescimento pessoal.

O desenvolvimento de cada um de nós passa em primeiro lugar passa pelo autoconhecimento e pelo autoamor, e se não saímos da engrenagem social, jamais nos conhecemos, jamais pensamos por nós mesmos, jamais ouvimos nossa verdade interna.

Por mais amor e liberdade, por mais carinho na alma e olhares amorosos, por mais terrenos férteis para deixar fluir a espontaneidade, para expandir a consciência, para fazer as conexões que de fato nos importam.

Que cada um de nós possa ser independente e inteiro em todos os sentidos para vivermos da forma que escolhermos. Que estejamos plenos de nós mesmos, transbordantes de amor próprio, para que possamos olhar os outros também com compassividade e compreensão. Um olhar acolhedor e não um olhar que julga como nos acostumamos a sermos olhados ao longo da vida.

É lindo perceber o quanto evoluímos nesse sentido nos últimos anos. Há muito o que se aprender e crescer ainda, é verdade. Mas temos dado grandes passos para uma vida mais digna em todos os sentidos. Muitos preconceitos têm sido revistos, discutidos e resinificados. O amor é o caminho, eu acredito.

Que a gente possa se observar e perceber com atenção e carinho, e conscientemente diferenciar o que de fato representa as nossas vontades e escolhas, e o que nos foi ensinado e nada tem a ver com a gente. Que tenhamos discernimento e sejamos verdadeiros com o nosso infinito particular.

Uma linda, livre, abundante e transbordante vida pra você!


Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta tântrica, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades:* Sensitive Massagem * Êxtase [...]

Veja o perfil completo

Outras reflexões para você

Há pessoas que consideram vantagem tirar proveito de situações, pessoas e lugares. Por onde passam, acreditam que se dão bem por retirar...
Dando sequencia do artigo anterior aonde esgotamos tudo que poderia ser falado sobre larvas astrais bem como suas diversas fontes...
A moda vem à tona de tempos em tempos: vez por outra alguém como a Madonna começa a praticar yoga e a massagem tântrica. Ora, a trilha do...
A prática do mantra e da paramita,a instrução em sutras e preceitos,o ensino das escolas e das escrituras,não levarão à percepção da...
Quando falamos de orgasmo, ou melhor, da ausência deles, normalmente caímos no lugar comum e paramos simplistas na falta ou na precariedade...
"Nunca seja inspirado por ninguém.Permaneça aberto.Quando você ver um lindo pôr do sol,desfrute essa beleza;quando ver um Buda,desfrute a...
Que o momento é desafiador, isso todos nós sabemos. Mas você alguma vez já refletiu sobre o propósito de você estar vivo neste aqui e...
Quando vemos uma pessoa com depressão uma das primeiras coisas percebida é a forma como essa se isola. Não podemos confundir uma pessoa...
Vamos conversar um pouco sobre orgasmos? O que vem na sua cabeça quando ouve essa palavra? Tenho certeza que vem cenas na sua cabeça!...
Ninguém disse que seria fácil ou difícil reencontrar a alma. Geralmente as pessoas que já encontraram não confessam os detalhes do caminho,...
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
Com os estudos cada vez mais expansivos pela Física Quântica, já podemos afirmar que nada está parado. A estagnação e imobilidade são...
Temos um problema aqui. Quando saímos de uma pratica de tantra que envolvem as intervenções físicas e os toques corporais e/ou genitais...
Da vergonha: De ser quem se é.De gostar do que gosta.Da sua história de vida.Da sua condição social.Do seu corpo. Da dureza: No olhar.Nas...
Todas essas mensagens que mencionei abaixo, eu recebi de verdade via celular, além de muitas outras similares, são apenas alguns exemplos:...
O estresse influencia negativamente nos nossos desejos mais íntimos. Descubra como revitalizar sua vida sexual e recuperar sua energia...
A gente tem tanto a crescer quando o assunto é aceitação, né? Passamos a infância sendo ensinados que devemos competir o tempo todo, temos...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...