Você sente dor durante a relação sexual?

Saiba o que pode estar acontecendo com o seu corpo.

Você sente dor durante a relação sexual?

publicado por Deva Ramana (Lorena Damasceno)

Essa é uma queixa que a maioria das mulheres apresentam dentro da terapia orgástica.

Se você já perdeu o tesão de transar porque sente dor ou ardência durante a relação sexual e não sabe como resolver isso.

Saiba que é possível resolver essa situação com muita amorosidade e paciência consigo mesma.

Nós, mulheres fomos ensinadas a diminuir o nosso prazer ao máximo. Muitas vezes achamos que esse prazer precisa vir associado a dor, o que não é verdade.

A dor pode ser ardente, aguda ou espasmódica, pode acontecer com qualquer idade.

Alguns fatores que podem influenciar a dor antes ou durante a relação sexual ou até mesmo durante ou depois o orgasmo.

Vale lembrar que o nosso corpo tem a capacidade de registrar todas as memórias, independentes de serem boas ou ruins, desde a sua vida intrauterina, de quando você estava no ventre da sua mãe até o dia de hoje.

Essas memórias, elas colaboram para constituição do nosso ser vivente no mundo, essas memórias tem a capacidade de moldar algumas características da nossa personalidade.

Registram lembranças, traumas, choques e bloqueios.

Alguns fatores que podem influenciar a dor durante o se.xo

Falta de libido e lubrificação

Não estar com vontade de transar

Preocupações excessivas

Estresse e ansiedade

Tensão muscular

Traumas relacionados a abuso sexual ou abuso psicológico (podem estar a nível consciente ou inconsciente)

Falta de interesse ou tesão no parceiro.

Esses são alguns fatores que contribuem para a dor antes/ durante a relação sexual.

O medo da dor pode produzir ansiedade, tensão e afetar totalmente os reflexos da excitação. Em muitos casos, a pessoa acaba desistindo de manter um relacionamento ou ter relação sexual por conta das dores.

A massagem tântrica é uma grande aliada para a resolução de dores antes ou durante a relação sexual. Através do toque sútil da sensitive, é possível criar novas sinapses neurais, promover um relaxamento profundo. O toque da Yoni Massagem (órgão genital feminino) serve para trazer um tônus muscular para a região do genital, eliminando as tensões, além de promover um relaxamento da musculatura pélvica. Através do orgasmo terapêutico é possível liberar traumas e choques que ficam registrados no corpo.

É importante dar continuidade com a Terapêutica Tântrica através das meditações, respirações e exercícios corporais para poder desbloquear a nível físico e energético e com isso a mulher se permite a um estado de presença e entrega durante a experiência, obtendo uma expansão física e da consciência.

Deixo aqui algumas sugestões de exercícios que você pode começar a praticar agora!

Autotoque: Se você não tem o hábito de se tocar, saiba que agora é o momento, mas calma, não precisa chegar a algum lugar. Basta se tocar com carinho e sentindo cada textura do seu órgão genital. Você pode experimentar fazer esse exercício deitada após um banho. Toque cada parte do seu genital. Respire. Inspire profundamente e solte todo o ar pela boca. Leve a respiração para a barriga, como se fosse um balão. Inspire profundamente e solte o ar lentamente. Vai sentindo o bem estar da respiração. Essa massagem serve para ir liberando a fáscia da musculatura do órgão genital, trazendo mais relaxamento para o corpo, libera as tensões do dia a dia.

Aproveite!

Deva Ramana (Lorena Damasceno)
Olá! Eu me chamo Lorena e sou Psicóloga, atualmente trabalho como Psicoterapeuta Corporal e Sexóloga Clínica. Me aventurei no mundo do auto desenvolvimento e através das mudanças que eu notei na minha vida e na forma de relacionar comigo mesma e com o outro com [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?