O casamento interno

O casamento interno

publicado por Deva Karuno

No post que fiz sobre a cura da solidão, eu menciono que, para superarmos esse sentimento, precisamos nos preencher por dentro, por si mesmo, de uma forma que nada ou ninguém externo consegue. Buscar o externo só pode trazer mais solidão ou atrair parceiros que correspondem à sua vibração energética do momento. Se você está desconectado de si mesmo, cuidado!

Se preencha

Quando você se preenche, a solidão é substituída por um desejo de contato saudável com outras almas com a mesma frequência, e não aquelas pessoas que te sugam como vampiros.

Muito de nossa educação e condicionamento, negam a verdade de todos nós termos energias masculinas e femininas (Shiva e Shakti) dentro de nós, independente de estarmos em um corpo masculino ou feminino. O que todos nós procuramos, quer estejamos conscientes disso ou não, é o “casamento interior”, a união das polaridades dentro do Ser.

Minha outra metade!

Vale a pena trazer para nossa consciência de que devemos buscar nosso oposto contra sexual dentro de um ‘outro’. Você deve estar pensando como o ditado popular “minha outra metade”, ou mesmo, “minha cara metade”. No relacionamento, quando essa outra ‘metade’ não faz jus à nossa idealização, nossa expectativa, quando eles caem do pedestal que o colocamos, apontamos o dedo e julgamos por não ser o que queríamos que fosse. “Você não era assim, você mudou”! É claro que eles mudaram, você também mudou. Tudo muda. Esse é um fato inevitável da vida. Mas isso não é o problema. Suas expectativas sobre o que o outro deveria ser é o que lhe causa dor. Talvez difícil de aceitar, mas é a verdade.

Verdade Liberdade e Amor

Você não precisa acreditar totalmente em mim, mas pense em uma época em que se sentiu decepcionado, traído, abandonado. Talvez depois de um rompimento, sendo escolha sua ou não. Agora pergunte-se, honestamente, quais eram suas expectativas perante esse ‘outro’? Pode ser complicado admitir, pode vir raiva, um mix de emoções. Mas se você deseja saborear a doce liberdade e amor, continue a fazer a pergunta até que a resposta se revele. A verdade é sempre libertadora.

O diamante interior

Quando você não estiver mais preparado para viver uma vida dolorosa e pela metade, dependente de outras pessoas ou vivendo seus sonhos, você descobrirá que sua dor é de fato causada por suas próprias expectativas, não pelo ‘outro’. Se você estiver desperto e consciente, verá que, apesar de toda a dor, eles dotam de fato um grande mentor para você. Eles estavam te ensinando a parar de olhar o exterior, em busca do tesouro que está dentro de você, te ensinando a reconhecer, abraçar e amar o seu diamante interior.

É hora de despertar para o seu poder. Você deve continuar com essa programação cultural, que é uma forma de mantê-lo desempoderado, insatisfeito, acreditando numa realização que vem de fora de você, isso é uma ilusão.

Alegria incomparável

Quando você desperta, essa ilusão acaba. Vem a liberdade. É o ar puro da liberdade. A ilusão que te escravizava já não existe mais. É a liberdade de viver e amar a partir de um lugar de totalidade, da união e integração dos opostos. É a liberdade de qualquer busca frustrada por gratificação externa e efêmera por meio de um título de trabalho, riqueza, uma medida de poder sobre os outros, aquele parceiro “perfeito”, sua “outra metade”.

À medida que você descobre sua própria plenitude, ao preencher-se por dentro, a alegria incomparável que surge dessa descoberta torna-se um trampolim para saltar em empolgantes possibilidades de prazer de vida. Você terá encontrado o paraíso interior. E o efeito em seu casamento interior pode ser profundo, pois uma pessoa inteira é muito mais atraente do que a metade!


--
Namastê,

Deva Karuno
IMPORTANTE 1: Eu não retiro a roupa e nem fico de roupa íntima! A Terapia/Massagem Tântrica não é um serviço sexual ou erótico. O trabalho é meramente terapêutico, sem qualquer alusão fantasiosa ou fetichista. IMPORTANTE 2: Só trabalho sob agendamento antecipado, principalmente em cidades fora [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?