Sexualidade na gestação

Sexualidade na gestação

publicado por

A sexualidade deve ser entendida como processo natural do ser humano, fonte de prazer, de bem-estar físico e psicológico. É uma forma de expressão e comunicação do corpo, podendo ser expressa desde um toque corporal até manifestação de carinho. Desenvolvê-la depende não somente do indivíduo, mas de fatores diversos como conhecer e explorar seu corpo, vivenciar o sexo de forma ampla, não meramente o ato sexual propriamente dito, mas as formas de alcançar o prazer e a satisfação pessoal de cada indivíduo com sua própria sexualidade. Ela representa um aspecto central do ser humano do começo ao fim da vida. Deve ser vivida e expressa em pensamentos, fantasias, desejos, crenças, atitudes, valores, comportamentos, práticas, papéis e relacionamentos (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE, 2010).

É indispensável avaliar a função sexual do casal e distúrbios presentes; discutir sobre mudanças anatômicas e fisiológicas nesse período da gestação; orientar quais as posições que deixam a mulher mais confortável para a prática sexual conforme a idade gestacional; e as transformações do corpo; conversar sobre mudanças que ocorrem na pelve feminina como coloração, secreção, odor, dentre outras; esclarecer que quando não há contraindicações é permitida a atividade sexual; avaliar a presença de quadro depressivo; discutir sobre massagem perineal, visando diminuir o trauma nessa área no pós-parto; que todas manifestações de carinho ajudam a mulher a sentir confiança no parceiro e em si mesma (VETTORAZZI, 2012).

No primeiro trimestre a gestante pode ter seu apetite sexual diminuído por sentir desconforto durante o ato sexual. Já no segundo trimestre ocorre um aumento da libido, algumas relatam desejo pela masturbação, ter facilidade de sentir o orgasmo. O terceiro trimestre varia de mulher para mulher devido ao desconforto físico, o aumento do abdome, insegurança da gestante sentindo-se obesa, inchada, feia, envergonhada com seu corpo. Pode não se sentir atraente ou feminina, diminuindo com isto sua autoestima. Passam pelo conflito de estar em um momento culturalmente considerado divino, sentindo-se mãe e esquecendo o papel de mulher e esposa, e ao mesmo tempo, não gostar de si mesma (BRIQUET, 2011).

A penetração profunda do pênis deve ser cuidadosa a fim de evitar desconforto, um fato positivo é relatado pelas gestantes no segundo período gestacional, em sua maioria conseguem atingir o orgasmo facilmente. Com o estímulo dos seios, a penetração e o orgasmo provoca contrações uterinas, mas não há relato científico que prejudique o feto ou acelere o parto (VIEIRA et al., 2012).

O ato sexual nesse período provoca insegurança para algumas gestantes por medo do aborto ou de prejudicar o bebê, desconhecem que se a gravidez estiver evoluindo normalmente o sexo não é perigoso, ao contrário, o orgasmo mexe e acalma o bebê, e o feto está perfeitamente protegido pelo líquido amniótico e o útero fortemente selado. A mulher deve ser assistida em sua totalidade e perceber a necessidade de conhecer como ela tem exercido a sua sexualidade, desmistificando tabus que há séculos interferem no conhecimento da mulher sobre seu próprio corpo numa fase tão sublime de sua vida.



Vanessa da Silva (Deva Yatri)
Psicoterapia Corporal, Terapeuta formada em Terapia Tântrica, Renascimento e Terapias Integradas de Respiração pela Comunna Metamorfose. Formada em ThetaHealing, TRE® Tension Release Exercises (Exercícios de Redução das Tensões e Estresse), Formada em Hipnose Terapêutica pelo Instituto Elsever - SP, Coaching pelo Instituto Kalíle e PSC [...]

Veja o perfil completo

Outros reflexões para você

Quer você queira ou não ... os relacionamentos desempenham um papel importante na vida de todo ser humano, desde a origem dos tempos....
Recentemente atendi uma moça que teve pouquíssimas experiências sexuais na vida, apesar de já ter 38 anos. Ela nunca teve prazer nas...
Nem sempre é fácil assumir as nossas sombras, nossos monstros, nosso lado sombrio e obscuro. Aquele lado que geralmente a gente tenta...
Há quem ame romanticamente e há quem ame realisticamente. O amor romântico, aquele que acreditamos que é uma performance acerca de...
O estresse é algo positivo quando acessamos por tempo determinado. O problema é quando esse estado permanece e não é liberado... Por...
No nosso ultimo artigo, falamos sobre o tema Obsessão o que é e como se limpar disso? E qual a relação com a energia sexual?- Parte 2 aos...
Já aconteceu com você, uma situação em que acreditou que deveria ter uma ereção e não conseguiu? EXPECTATIVAS, EREÇÕES E MASSAGEM TÂNTRICA...
A menopausa É um declínio natural nos hormôniosreprodutivos quando a mulher atinge a faixa etária de 40 anos. Os ovários param de produzir...
O Masculino relaxado no seu poder. Dentro do que você busca no Tantra e se propõe a praticar o que realmente te sustenta na pratica dessa...
Quantas vezes olhamos para trás e nos perguntamos: “Como eu pude fazer isso?” Eu lhe convido a fechar os olhos nesse momento, acessar suas...
Quem enfrenta baixa autoestima geralmente se apega ou se espelha em fatores externos, diversos fatores podem influenciar, mas o estético...
O vaginismo é uma disfunção sexual que gera dor na hora da relação sexual. Trata-se de um problema que afeta em torno de 5% da população...
Você trouxe em sua mensagem o desejo de trabalhar aspectos da sua personalidade que resultaram em quadros de ansiedade, insegurança,...
Dentro do método Deva Nishok de Terapia Tântrica existem 4 níveis de desenvolvimento sensorial, cada um conectado com uma técnica...
O que é um grande prazer para você?Uma noite louca entre quatro paredes? Com gemidos altos e pegadas mais fortes?.A Sociedade estigmatiza...
A Massagem Tântrica é uma ferramenta terapêutica usada para que o ser humano possa restabelecer a potência orgástica, depois abrir o...
[ arte por Leonid Afremov "Moments of Pleasure" ] A herança da criação patriarcal repressora e religiosa faz muitas mulheres não se...
Estamos vivendo entre jovens viciados em pornografia, mães solteiras aos 14 anos, casais que não conseguem manter uma relação por muito...
Você já maldisse alguma parte do seu corpo?Já sentiu ódio de algum pedacinho seu?Já fez um mal enorme às suas células desejando que seu...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...