A vagina e autonomia

A vagina e autonomia

publicado por

tags: Tantra, Tantra para Mulheres

Vou começar trazendo um dos conceitos de autonomia. Uma das definições encontradas é que autonomia é a capacidade de um indivíduo racional de tomar uma decisão, não forçada, baseada nas informações disponíveis.

E o que isso tem haver com a vagina? Na minha opinião, tudo!

Na história do desenvolvimento da sexualidade humana podemos ver como as relações entre homens e mulheres sofreram grandes transformações; fruto da sujeição física e mental da mulher e da divisão sexual do trabalho.

Essas transformações reduziram a importância e autonomia da mulher dentro das relações sociais, dando poder a entidades, como a igreja, e ao homem, a ter o controle sobre o corpo feminino.

Assim como uma tática de guerra,subjugar e controlar o corpo foi, e ainda é, uma maneira eficiente de minar a autoconfiança da mulher. Corpos e mentes fragilizados são fáceis de serem dominados. Para uma mulher que está vulnerável, cansada e fragilizada, superar as adversidades da vida é uma tarefa muito mais difícil, principalmente sem uma base de sustentação.

Mas, voltando a vagina, vamos pensar em quantas mulheres conhecemos, ou histórias que ouvimos, que mostram o quão profundo pode ser o estrago causado por um abuso físico ou emocional.

Há mulheres que rejeitam o corpo, mulheres que não se permitem ter prazer sexual, algumas que repetem padrões autodestrutivos, dificuldade de relacionar-se, dificuldade em obter independência financeira, introspecção, somatização em forma de doenças físicas e tantas outras complicações.

Sim, devemos falar da vagina. Falar da relação que existe entre o genital e a consciência da mulher.

Quando a mulher se conecta com o seu poder pessoal, ela assume a responsabilidade por sua vida. Isso a permite tomar as próprias decisões e viver de acordo com os seus desejos. Não significa ficar livre da pressão e opressão imposta pelo patriarcado. Pelo contrário, quanto mais consciência adquirimos, mais são os desafios que chegam.

Hoje ser uma mulher que aceita o corpo, que conhece o seu genital e o seu potencial orgástico pode ser considerado um ato de rebeldia. E digo isso sem exagero!

O tempo todo somos bombardeadas com informações, notícias e imagens onde mudam-se as legendas, mas no fundo continuamos recebendo as velhas mensagens. Só o conhecimento proporciona o senso crítico, que nos permite filtrar as informações.

A máxima é válida: “orai e vigiai”.

E para quem tem medo do feminismo e da autonomia feminina (falo agora para as próprias mulheres que são contra os movimentos), não se preocupe. Ser uma mulher autônoma não significa abandonar as características femininas, mas sim perceber e trazer a tona todas as facetas da sua ciclicidade.

Promover o diálogo positivo sobres nossos corpos e facilitar o acesso às informações necessárias, é iluminar um caminho escuro. Repetindo as palavras iniciais do texto: “autonomia é a capacidade de um indivíduo racional de tomar uma decisão, não forçada, baseada nas informações disponíveis.”


Christiane (Radha)
Terapeuta Tântrica habilitada em todas as modalidades do Método Deva Nishok (Sensitive Massagem, Êxtase Total Massagem, Yoni/Lingam Massagem, G-Spot e P-Spot), Terapeuta Renascedora, Terapeuta Menstrual, Instrutora de Tantra Yoga, Terapeuta do Riso. Desenvolve diversos trabalhos para pessoas, de todos os gêneros, que buscam através do [...]

Veja o perfil completo

Outras reflexões para você

A história do Sagrado Feminino vem de muito longe. Do tempo que a cultura matriarcal esteve no seu auge com seus símbolos, Deusas e a...
Nos tempos atuais é impossível termos em mente uma percepção sobre o desenvolvimento de forma profunda do humano que não venha da cultura...
A questão do sedentarismo e da autocomiseração está no dia a dia das pessoas. Colocar a si mesmas para “baixo” é muito comum. De forma...
"Sinta o cosmos como uma translúcida presença sempre viva. Se você tomar uma droga do tipo LSD, ou alguma coisa assim, todo o mundo ao seu...
Segundo alguns estudos, o número de pessoas que praticam meditação, está aumentando com o passar do tempo e a tendência é que esse número...
Todos nós temos nosso propósito na vida. Você já encontrou o seu? É lindo ver que temos avançado em relação a esse assunto nos últimos...
A massagem erótica tem sido cada vez mais procurada - conforme números do próprio Google nos revelam. E essa demanda abre espaço para uma...
A menopausa É um declínio natural nos hormôniosreprodutivos quando a mulher atinge a faixa etária de 40 anos. Os ovários param de produzir...
A pele é o maior órgão do corpo. Através dela, podemos ter a experiência do tato, um dos incríveis 5 sentidos. Curiosamente, vivemos numa...
Cada ser humano tem uma obra prima a oferecer para a humanidade, para o universo, que é a sua própria vocação. Todos nós somos filhos e...
Quem já tem o hábito de mergulhar em si passará tranquilamente por esse momento que estamos vivendo.Quem não tem o hábito de mergulhar em...
Os Tantras são um apanhado de antigas escrituras consideradas sagradas por grande parte da humanidade, em sua maioria habitantes do...
O que você aprendeu sobre nudez enquanto crescia? Você aprendeu que é algo errado, que é pecado, ou que seu corpo deveria ser coberto?...
1- Para ter orgasmo é necessário estar em um estado de relaxamento, tanto físico quanto mental.Você não consegue relaxar quando está...
Algumas vezes, as pessoas que me procuram ficam frustradas quanto ao resultado da Terapia, pois estavam na expectativa de "uma...
Nos meus atendimentos, quando mulheres falam de suas questões de sexualidade, grande parte me faz os seus relatos falando do parceiro.Do...
Muitas vertentes filosóficas se apropriaram das fundamentações do Tantra Original, associando-as com práticas e conceitos peculiares às...
Eu tenho corpo mas não sou meu corpo.Eu posso ver e sentir meu corpo,E o que pode ser visto e sentido não é o verdadeiro Eu.Meu corpo pode...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...