Ciclo de resposta sexual feminina

Pesquisa para a palestra sobre Massagem Tântrica no II ECCSS — Encontro Científico e Cultural sobre Saúde e Sexualidade, 25/08/2018

Ciclo de resposta sexual feminina


Em resumo, “as razões de uma mulher para instigar ou concordar com o sexo incluem o desejo de expressar amor, receber e compartilhar prazer físico, sentir-se emocionalmente mais próximo, agradar o parceiro e aumentar seu próprio bem-estar”.

[ABDO, Carmita; FLEURY, Heloisa]

“Uma nova proposta para o ciclo feminino de resposta sexual foi
apresentada por Basson (2001), enfatizando o valor da intimidade como
motivação feminina para o sexo. Desta feita, entende-se que muitas
mulheres iniciam o ato sexual sem suficiente entusiasmo e interesse: na
verdade, desejam aproximação física e carinho, antes que a sensação
erótica as envolva.

Com base neste argumento, Basson et al. (2004) propõem um modelo
circular para o ciclo de resposta sexual da mulher, em que a ausência de
desejo sexual espontâneo (no início do ciclo) não significa disfunção
sexual, o que exclui muitas mulheres da categoria de disfuncionais. Esse
modelo pode ser didaticamente dividido em cinco fases:
1. Início da atividade sexual, por motivo não necessariamente sexual,
com ou sem consciência do desejo.
2. Excitação subjetiva com respectiva resposta física, desencadeadas
pela receptividade ao estímulo erótico, em contexto adequado.
3. Sensação de excitação subjetiva, desencadeando a consciência do desejo.
4. Aumento gradativo da excitação e do desejo, atingindo ou não alívio
orgástico.
5. Satisfação física e emocional, resultando em receptividade para
futuros atos.”

[RIBEIRO, Renata]

“Essa receptividade aos estímulos eróticos seria influenciada por três
fatores: real motivação em responder aos estímulos e vontade de aumentar
a intimidade, satisfação física e emocional com o ato sexual (resultados
gratificantes) e aspectos favoráveis à receptividade, como ambiente
adequado, privacidade, confiança e segurança (Baram e Basson, 2008).

Alguns aspectos que poderiam diminuir o desejo e excitabilidade são:
distrações, fadiga, doenças crônicas (Alexander et al, 2006),
experiências sexuais prévias negativas, vergonha, culpa, falta de
segurança (emocional, física ou sexual), medo de uma gravidez
indesejada, medo de ser infértil, medo de contrair uma doença
sexualmente transmissível (Baram e Basson, 2008; Basson, 2004).”

ARTIGOS:
Dr. Rosemary Basson, B.C. Centre for Sexual Medicine, Vancouver General
Hospital, Canada.
Pdf enviado por cortesia da Drª. Helga Marquesini, Ginecologia —
Obstetrícia — Uroginecologia — Sexualidade.Título: WOMEN’S SEXUAL
DYSFUNCTION: REVISED AND EXPANDED DEFINITIONS (DISFUNÇÃO SEXUAL DAS
MULHERES: DEFINIÇÕES REVISADAS E AMPLIADAS).
Renata Ribeiro, Pós-graduada em sexualidade pela USP. Revista SGOB —
Janeiro/Fevereiro de 2013
Título: UM NOVO OLHAR SOBRE A SEXUALIDADE FEMININA: MODELO CIRCULAR

Link do estudo: https://goo.gl/Rzzf8a




Outras reflexões

É uma inimiga que muitas vezes passa despercebida, acomete mulheres e leva há várias complicações se não for tratada. Alguns artigos que li...
"Que tudo nessa VIDA seja feito com PRAZER, por mais que digam que não, pois só depende de nós..."Aqui estão algumas conexões possíveis...
“Os hormônios são anatomia líquida, são derramamentos que convertem crianças em adultos.”...
Independente se você dirige seu próprio negócio ou tem seu emprego, você pode sentir que está perdendo de vista seus objetivos e motivação....
Arte de Jana Brike Uma das perguntas mais freqüentes que eu recebo é: “Como faço para ter orgasmos?” e um dia destes, no final de um...
A sexualidade deve ser entendida como processo natural do ser humano, fonte de prazer, de bem-estar físico e psicológico. É uma forma de...
Processos terapeuticos tântricosNo começo, anos atrás... eu sempre achava um desafio falar a respeito da massagem tântrica, eis um tipo de...
Vivemos sempre em dualidade: Bem e mal, luz e sombra ,frio e calor. Apesar do aparente contraste entre essas polaridades, olhando mais...
Veja todos

Eventos com data marcada

maio 2024 São Paulo (Capital) SP
maio 2024 Santos SP
maio 2024 Guarujá SP
  • 24 a 26 maio 2024
  • Solteiros e casais
  • sexta 8h a domingo 18h
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
maio 2024 Itapeva MG
  • 25 a 26 maio 2024
  • Exclusivo para Mulheres
  • Comunna
  • sábado 9h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
maio 2024 Itapeva MG
  • 30 mai a 2 junho 2024
  • Comunna
  • quinta 16h a domingo 16h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Caxias do Sul RS
  • 8 a 9 junho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 19h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Caxias do Sul RS
  • 15 a 16 junho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
junho 2024 Garopaba SC
junho 2024 Brasilia DF
junho 2024 Itapeva MG
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 1 jul a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 Itapeva MG
agosto 2024 Itapeva MG
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 4 a 25 setembro 2024
  • Spaco TantraNana
  • quarta 19h a quarta-feira 22h30
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
setembro 2024 Itapeva MG
  • 27 a 29 setembro 2024
  • Turma Extensiva - Módulo 3
  • Comunna
  • sexta 19h a domingo 15h30
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
dezembro 2024 Itapeva MG