O que você tem de bom?

O que você tem de bom?

publicado por Deva Harischandra Jéssica

Olhe pra dentro. O que tem em você que é admirável? Você consegue enxergar?

Pra que se julgar tanto? Se cobrar tanto? Ser tão duro(a) consigo? Pra que exaltar as coisas que você não aprecia em si mesmo? Tudo o que a gente não aceita e nega, cresce.

Claro que perceber o que não é legal na gente é importante, só a partir daí pode-se mudar pra melhor. Mas hoje, eu estou falando de reconhecer as suas potências, o seu valor, as suas qualidades, as suas riquezas. Todos nós temos. E muitas. (Só lembrando que bom, ruim, certo, errado, legal ou não legal são conceitos muito particulares e que dependem muito da visão de mundo e momento de vida de cada um).

Tire um tempinho pra destacar as suas coisas boas, aquelas que você sente que já nasceram com você, seus talentos, habilidades e características positivas tão naturais que você nem consegue se reconhecer sem eles.

Dedique-se também e celebre por cada uma das suas qualidades construídas ao longo da sua trajetória, observe com amor as coisas em si que foram lapidadas, esculpidas, desconstruídas e reconstruídas.

Cada uma delas tem um valor imenso. Nutra a sensação deliciosa de ser essa infinita fonte geradora de possibilidades na caminhada da sua história.

Comemore o quanto valeu a pena perceber cada sombra que pôde ser acolhida e transmutada. Observe e perceba como você cresceu em diversos aspectos durante a vida, o quanto passou por momentos difíceis, mas que foram fundamentais para que percebesse algumas coisas, que é muito possível que não tivesse tido a oportunidade de aprender o que aprendeu com eles, se não os tivesse vivido.

Você passou por muitos obstáculos e soube aproveitá-los para a sua evolução. Isso é lindo! Há que se comemorar.

Eu tenho percebido o quanto fui e sou uma tirana comigo mesma. O quanto me cobrei e me cobro pra caber em um mundo que me foi apresentado e que eu tomei como modelo. Tenho me libertado desse condicionamento passo a passo, dia a dia... Me observando e me questionando muito de onde vem essa voz, essa regra, esse padrão. Saindo das respostas automáticas e parando pra pensar. Acredito que seja a desconstrução mais importante da minha vida.

Hoje consigo me reconhecer como uma pessoa determinada, empática, inteligente, responsável, criativa, confiável, dedicada, amorosa, carinhosa, estudiosa, disponível...

Faça isso também. Olhe para si com muito amor, e dedique-se a elencar suas potências e qualidades. Valorize-as, celebre cada uma delas. Você merece muuuuito!


Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta do AMOR, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades:* Sensitive Massagem* Êxtase [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?