Respira, relaxa, solta... Esteja consciente

Respira, relaxa, solta... Esteja consciente

publicado por Deva Harischandra Jéssica

Tensão

Trabalho

Obrigações

Cansaço

Dor

Fome

Sono

Preguiça

Conduta

Afazeres domésticos

Buscas

Objetivos

Metas

Sucesso

Oportunidades

Medos

Inseguranças

Inquietude

Ansiedade

Pensamentos repetitivos

Memórias dolorosas

Crenças

Padrões

Moral

Normas

Regras

Leis

Competição

Contas a pagar

Preocupações

Frustrações

Corrida contra o tempo

Prazos

Saciedade

Instintos

Individualidade

Impulsos

Sustento

Problemas

Confusão mental

Doenças

Enfim, dia a dia...

As vezes as loucuras da vida que adotamos é tão grande, que a gente nem consegue perceber que estamos sendo atropelados por ela, e não vivendo.

Focamos na busca por sermos o melhor que podemos em todas as áreas da nossa vida. O melhor nisso, o melhor naquilo... Na busca por uma felicidade ilusória, que não é alcançada, que quando atingimos uma meta, já temos outra pra bater. Há sempre uma insatisfação, um buraco, um vazio... Na busca por sermos diferentes do que somos. Por termos mais, por parecermos outra coisa. Optamos pelo ego, pela casca, pela personalidade, pela aparência. Não nos aceitamos para ser, sentir e viver a nossa verdade. Nos desconectamos da nossa natureza e essência, travando uma luta interna e eterna.

Você já percebeu como as vezes pode ser tão difícil aceitar a si, as coisas e as outras pessoas como são? Geralmente há um julgamento de que tudo deveria ser diferente.

Aceitar e entrar no fluxo da existência pode nos parecer uma coisa muito distante de alcançar. Ficamos condicionados a fazer o que nos foi ensinado. A viver para atender aos anseios de outros, a cumprir o papel que esperam de nós. É importante pararmos para ouvir a voz do nosso coração e conhecer nossa própria verdade. Aprender a discernir o que acreditamos e o que de fato queremos pra nós. E mover a nossa energia para a ação e realização de nossos anseios da alma.

Há uma espontaneidade na vida e na gente também. Há convites, surpresas e presentes da existência pra nós:

Respirar

Relaxar

Sentir

Rir

Sorrir

Abraçar

Beijar

Dançar

Cantar

Brincar

Ter prazer

Compartilhar

Se soltar

Amar

Aceitar

Fluir

Se conectar

Perceber

Sensibilizar

Florescer

Crescer

Transbordar

Pertencer

Voar

Se libertar

Metamorfosear

Transformar

Revolucionar

Se envolver

Desenvolver

Se permitir

Transcender

Conversar

Estar com os amigos

Estudar o que faz sentido pra você

Fundir-se com a natureza

Trocar carinhos, amor, cafuné, olhares, bilhetes, verdades...

Relaxar, não forçar as coisas, apenas procurar estar consciente. O Osho diz nas págs. 310 e 311 do livro “A Revolução – Conversas sobre Kabir”:

“Lembre-se disso: tudo o que combina com você está bem. Não imponha estruturas desnecessárias ao seu ser. Você já está numa prisão, não crie prisões maiores para si. Entretanto, lembre-se de uma coisa: trabalhe tão diligentemente quanto possível para ficar mais consciente. Esqueça-se do caráter; o caráter é uma preocupação do estúpido e do medíocre. Deixe toda a sua preocupação ser a consciência. E quando você estiver consciente, quando você estiver um pouco alerta, atento, quando uma luz começar a brilhar no seu ser interior, quando você puder ver, muitas coisas mudarão. Não de acordo com qualquer estrutura, não de acordo com qualquer ideologia, não de acordo com qualquer fanatismo – mas de acordo com a sua própria compreensão, as coisas estão destinadas a mudar.”

É isso.

Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta do AMOR, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades:* Sensitive Massagem* Êxtase [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?