Sexo: uma obrigação conjugal?

Sexo: uma obrigação conjugal?

publicado por Samagra (Fabiana)

tags: tantra, tantra-para-casais, sexo

No meu último relacionamento eu deixei de gostar de sexo. Mas eu fazia...

Porquê? (é a grande questão!)

Cheguei a alguns porquês:

Porque nº1 - Eu acreditava que era minha obrigação fazer sexo com meu parceiro.

Porque nº2 - Eu tinha medo que, se eu não fizesse, ele poderia me trair ou terminar nossa relação.

Porque nº3 - Eu achava que o problema era exclusivamente meu, e que meu parceiro não poderia pagar as conseqüências por uma deficiência minha.

Porque nº4 - Eu criei uma tática para que não fosse tão terrível assim: fingia múltiplos orgasmos em minutos. Ele achava que eu estava satisfeita e que não aguentava mais, assim o sexo durava poucos minutos (o que pra mim parecia uma eternidade).

Quando eu respondi esses porquês, está claro que não levei em conta que meu parceiro não me estimulava direito, que me dava uns tapas doidos na bunda que quebrava qualquer clima, 100% das vezes queria concluir com sexo anal, além de todas dificuldades que rondam um relacionamento de praxe.

Eu mudei muito depois que conheci o Tantra, mas eu sei que diversas mulheres sofrem, e levam o sexo apenas como uma obrigação conjugal por vários porquês, ou melhor, por várias desculpas.

O sexo pode ser muito mais que isso!

Culturalmente, homens e mulheres aprendem sobre sexualidade através de filmes pornôs, onde há uma objetificação da mulher.  E isso se reproduz nos relacionamentos como algo natural.

Aprendemos que mulher tem que gemer bastante e homem tem que meter com força. Existe todo um jogo entre macho e fêmea. No Tantra isso é totalmente diferente.

O Tantra é a escola de uma nova sexualidade.

A primeira coisa que eu aprendi com o Tantra, não foi a me tornar uma mulher multiorgástica, mas sim a me empoderar, a assumir a responsabilidade pela minha vida.

Veja todos os meus porquês, são repletos de medo, insegurança e vitimismo. E é assim no sexo, é assim na vida.

Segundo Prem Baba, autor do livro Amar e Ser livre:

“... se você quer saber onde está a sua vida, olhe para a sua sexualidade.  Se a sua sexualidade está imersa no mundo da fantasia, sua vida está nesse mesmo lugar. Se está reprimida, sua vida está reprimida.”

Foi então que percebi que o que acontecia no sexo era apenas um reflexo do que acontecia na vida, e vice versa. E o Tantra me apareceu como um caminho de conexão com a minha energia, com a minha força e com a minha sexualidade.

Então quer melhorar mesmo a sua vida? Olha para sua sexualidade.

Samagra (Fabiana)
Instrutora de Delerium Privativa - Treinamento Multiorgástico para Casais, Instrutora de Cursos de Massagem Tântrica Individual e para Casais e Coordenadora da Comunna Metamorfose - Unidade Guarulhos. É Terapeuta Tântrica e Renascedora certificada em todas as modalidades do Método Deva Nishok e Facilitadora de grupos [...]

Veja o perfil completo

Conexão Orgástica

Alcance a segurança sexual e emocional no seu relacionamento em apenas 12 semanas. Aumente a conexão consigo e com o parceiro. Cure traumas e bloqueios emocionais que causam disfunções sexuais e distúrbios emocionais, como depressão e stress. Aumente a performance sexual e alcance níveis inimagináveis de prazer. Neste curso você aprenderá técnicas de Meditações Tântrica, Massagem Tântrica (Método Deva Nishok) e do Delerium, o sexo tântrico.


Encontre atividades próximas à você:



Outros artigos interessantes para você

Aqui é a Pema e o Thiago compartilhando nossas reflexões a respeito do relacionamento íntimo entre duas pessoas. No relacionamento íntimo...
A impotência sexual masculina também é definida como “disfunção erétil”. É um problema comum que atinge muitos homens ao menos uma vez,...
Afetividade é a relação de carinho ou cuidado que a pessoa tem consigo mesma ou com alguém que lhe seja íntimo ou querido. É um estado...
Para muitos homens, o incremento da relação com um vibrador ainda é um tabu. "mas eu consigo fazer ela gozar sem usar um vibrador" "ela vai...
É comum muitas pessoas procurarem conhecer o Tantra em função do aspecto sexual. Não há nada de errado nisso. Contudo, é importante abrir a...
Faz mais ou menos uns 7 anos, uma colega de trabalho me mostrou uma reportagem do jornal A Gazeta/ES que falava sobre a massagem tântrica...
Muitas vertentes filosóficas se apropriaram das fundamentações do Tantra Original, associando-as com práticas e conceitos peculiares às...
O contato com o Tantra possibilita uma espécie de sabedoria que não é o saber racional e lógico usual, da forma como o conhecemos. Santo...
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
"Sim. Eu não quero me mostrar a mim mesmo ou aos outros." Mas você tem que decidir isso. Essa é uma das coisas mais básicas a ser entendida...
Arte de Jana Brike Uma das perguntas mais freqüentes que eu recebo é: “Como faço para ter orgasmos?” e um dia destes, no final de um...
Dia de atendimento com massagem tântrica sempre mexe comigo. A começar pela imensa troca de energia que acontece ali. Invariavelmente,...
Veja todos

Quer receber conteúdo exclusivo no conforto do seu email?