Plantas Medicinais

Plantas Medicinais

publicado por

As plantas medicinais e o ambiente natural apresentam uma grande ligação com a humanidade na história.

O termo fitoterapia se origina do grego phyto, que significa planta, e therapeia, que tem o significado de tratamento. Ou seja, a fitoterapia se dedica ao estudo das plantas medicinais e suas possíveis aplicações no tratamento de doenças e na busca do bem-estar. O uso de plantas medicinais é conhecido desde 5000 a.C., onde os seres humanos utilizavam as plantas como recursos terapêuticos e de sobrevivência. Relatos descritos por civilizações, tais como Índia, China e Egito, deixaram registros sobre os conhecimentos das plantas, para fins alimentícios, medicinais e cosméticos. Atualmente, seu uso vem crescendo no Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente pela população que busca um tratamento alternativo e complementar, considerando ainda que muitos médicos têm adotado as plantas medicinais como medicamento nos mais diversos quadros clínicos (SIMÕES, 2017; MINISTÉRIO DE SAÚDE, 2006). A humanidade utiliza plantas medicinais como ferramentas terapêuticas há milhares de anos. Algumas civilizações consideravam o uso da fitoterapia algo mágico e sobrenatural, e não apenas curativo (CORDEIRO, 2005; TAXAS, 2001). Relatos encontrados, como no papiro de Ebers, comprovam o uso de plantas medicinais para fins terapêuticos evoluindo até os dias de hoje (HALLMANN-MIKILAJCAK, 2004). Paracelso, médico considerado o criador das bases para a medicina natural, correlacionou a estrutura das plantas com a anatomia de alguns órgãos e indicações de uso, relatando o uso de medicamento utilizados até hoje – como por exemplo o uso da batata yacon, pois sua estrutura lembra o pâncreas e tem indicação de uso para Colesterol alto, diabetes, prevenção do câncer de cólon, osteoporose, auxiliar na absorção de cálcio e de vitaminas (HALLMANN-MIKILAJCAK, 2004).

Em meados de 1800, as plantas passam a ser estudadas como principais constituintes dos fármacos, além de ativos sintetizados para desenvolvimentos de novos medicamentos, nascendo assim a indústria farmacêutica. Em 1897, a Bayer sintetizou a Aspirina. Até hoje a medicina de terapia natural é muito utilizada no Ocidente, sendo a Alemanha o primeiro e maior no ranking dessa terapia, onde as prescrições fitoterápicas representam cerca de 40% das indicações. Outros países, como França, Bélgica, Suécia, Suíça, Japão e Estados Unidos, também fazem uso dessa terapia fitoterápica, com trabalhos científicos publicados. Já a China é considerada a campeã na indicação e utilização de medicamentos naturais, onde somente esses são substituídos por alopáticos quando não se encontra um substituto na fitoterapia. Uma fórmula fitoterápica chinesa pode englobar seis ou mais plantas, as quais podem impedir efeitos colaterais indesejados a encaminhar os agentes principais ao local da doença.

A Fitoterapia no Brasil, existe principalmente no mercado informal e principalmente orientada pelo conhecimento popular. Isso se dá por encontrarmos diversos grupos étnicos e uma grande diversidade do ecossistema. Na década de 1980, o Ministério da Saúde adota o uso de plantas medicinais como terapia alternativa e inicia o programa de pesquisas, com embasamento científico para tais terapias alternativas. Como as políticas públicas voltadas para o incentivo e uso a fitoterapia está cada vez mais em evidência, as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde buscam facilitar o acesso da população às plantas medicinais e aos fitoterápicos implantando programas, diminuindo assim a carência de medicamentos, além de promover a qualidade de vida de comunidades carentes. Mesmo com o incentivo governamental pelo uso de plantas medicinais e fitoterápicas, como opção

de tratamento primário à saúde, necessita-se de maior incentivo e adesão a essa prática complementar.

Fitoterapia é o tratamento em que se utilizam plantas medicinais, sendo assim, suas preparações originam-se de diversas partes das plantas, em sua forma bruta como princípio ativo. Plantas medicinais são definidas como aquelas capazes de produzir princípios ativos que possam alterar o funcionamento de órgãos e sistemas, restaurando o equilíbrio orgânico.


Vanessa da Silva (Deva Yatri)
Psicoterapia Corporal, Terapeuta formada em Terapia Tântrica, Renascimento e Terapias Integradas de Respiração pela Comunna Metamorfose. Formada em ThetaHealing, TRE® Tension Release Exercises (Exercícios de Redução das Tensões e Estresse), Formada em Hipnose Terapêutica pelo Instituto Elsever - SP, Coaching pelo Instituto Kalíle e PSC [...]

Veja o perfil completo

Outras reflexões para você

Muladhara chakra • (chakra kundalíneo) • Significado do nome: Fundação ou suporte da base. • Nome ocidental: Chakra Básico. • Localização:...
A sexualidade deve ser entendida como processo natural do ser humano, fonte de prazer, de bem-estar físico e psicológico. É uma forma de...
O potencial humano para o prazer sexual se inicia até mesmo antes do nascimento, na vida intra-uterina e não se extingue com a velhice como...
A masturbação é parte do processo natural do desenvolvimento da sexualidade. É a nossa primeira relação sexual.Quando uma mulher não...
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imagina. Estudos recentes mostram que 10% a 35% das pessoas apresentam...
No post que fiz sobre a cura da solidão, eu menciono que, para superarmos esse sentimento, precisamos nos preencher por dentro, por si...
Disfunção sexual também chamada de “transtorno hiperativo do desejo”, a compulsão sexual nas mulheres. Muitas vezes, a mulher já não...
Quantas vezes na vida, percebemos que a nossa energia caiu, nossa libido diminuiu, passamos a ter menos interesse pelas coisas que...
“A saúde sexual é um estado de bem-estar físico, mental e social em relação à sexualidade. Exige uma abordagem positiva e de respeito pela...
Existe uma contradição social muito grande quando tenta reprimir o sexo e todo seu poder, bem como quando tenta negar ou demonizar o...
A grande maioria dos profissionais liberais trabalham de forma organizada. Constroem uma agenda calculando seus horários para que todos os...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. Afirmamos de forma resumida do...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. No último artigo, iniciamos a...
Você merece o melhor. Mostre à vida como você merece ser tratado. Cuide-se, ame-se, se nutra da sua própria energia, permita-se ser e...
O que aconteceria se nunca pensássemos pequeno? E se você fizesse todas as coisas que tem vontade? E se você fosse livre para viver sua...
A gente vai vivendo e naturalizando coisas que não são naturais. Muitas vezes já não conseguimos perceber o quanto há de violência ao nosso...
Ansiedade é um estado que pode afetar a todos nesses tempos de pandemia. Saiba lidar com a ansiedade para que ela não seja a maior inimiga...
O que é?É uma oportunidade linda de aprender uma técnica capaz de proporcionar consciência corporal e energética, altíssimos níveis de...
Menstruação ainda é tabu. Mesmo com a evolução dos absorventes, coletores menstruais, o sangue feminino ainda é motivo de nojo e vergonha....
Muito se fala de Tantra como um caminho para sexualidade plena e ressignificada, o alcance de prazer nunca antes sentido, uma saída para a...
Você conhece o Kundalini? Mesmo que o termo não lhe seja estranho, é provável que esteja pouco familiarizado com seu conceito. Afinal,...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...