Sexualidade Masculina : o padrão “britadeira”

Sexualidade Masculina : o padrão “britadeira”

publicado por Christiane (Radha)

tags: Tantra, Terapêutica Tântrica, Tantra para Homens

Um questionamento comum entre mulheres é por que muitos homens, na hora do sexo, tendem a

acumular toda a energia na pelve com estocadas rápidas e fortes, no padrão “britadeira”.

É claro que falar de sexo e sexualidade envolve vários aspectos importantes: informação, hábitos, medos,consciência corporal, relação com a parceria e outros. Por isso, vou citar aqui três pontos comuns que nos fazem entender um pouco melhor a respeito desse padrão tão comum no sexo masculino.

A primeira consideração importante é sobre o comportamento sexual masculino. Boa parte do homens vê o sexo como uma forma de descarregar, aliviar a tensão acumulada no corpo.É conhecido como padrão de orgasmo ativo: onde se busca aliviar a tensão corporal através da manipulação de um objeto,o pênis. Essa manipulação rápida, constante e vigorosa, que pode acontecer pelas mãos ou pelo movimento pélvico, vai resultar em uma descarga que trará o alívio tão buscado.

As mulheres também podem apresentar este padrão, mas o comum é que a mulher espere obter o prazer e alívio da tensão pela manipulação do seu corpo por outra pessoa. E isso chamamos de orgasmo passivo.

Lembro que homens e mulheres podem apresentar ambos os padrões. Não há exclusividade.

O segundo ponto importante é a educação sexual, ou melhor, a ausência dela. Ainda hoje é comum que homens iniciem a atividade sexual com profissionais do sexo, onde não há vínculo afetivo e sim o desejo de alívio, virilidade, performance. Sem contar que para muitos a pornografia ainda é a referência de educação sexual, ou seja, os homens aprendem que aquilo apresentado nos filmes é a vida real (longe disso!). Nos filmes pornôs temos sempre pênis gigantescos, eretos, que se movimentam loucamente (britadeira) entrando e saindo de um orifício. O resultado disso são gemidos incessantes, jatos ejaculatórios como fontes de água romana, orgasmo e êxtase total.

Como então o nosso homem comum, buscando satisfazer a si mesmo e ao outro, vai pensar diferente? Ele será impelido, mesmo que inconscientemente, a repetir o que vê.

O último ponto que quero citar, e para mim muitíssimo importante, é o fator emocional. Há muito tempo foi convencionado que o homem “de verdade”, é o garanhão, viril, que não nega fogo e dá conta de tudo e de todxs. Pobre homem,

além dos problemas cotidianos, na hora do seu prazer, no momento de conexão com o seu corpo e o corpo do outro, ele ainda tem que provar que é o rei da selva. Mas se há estresse e ansiedade de desempenho, como eu posso relaxar e deixar que o ciclo da resposta sexual aconteça no meu corpo?

E de novo aparece o padrão britadeira.Se mesmo com toda a tensão o homem consegue ter a ereção, ele pode optar por terminar rápido, “fazer o serviço”, mostrar que ele foi capaz de penetrar, bombar, ejacular e ainda ter um orgasmo.

Viu? Ele cumpriu o que era esperado! Mesmo que isso resulte em pouco prazer para ambos os envolvidos.O pensamento é: ” antes gozar rápido que ser brocha”.

Deixo aqui apenas algumas considerações para que pensemos de onde vem este padrão britadeira. Sempre que falamos de sexo e sexualidade vários aspectos devem ser considerados e vários profissionais, com diferentes linhas de terapia podem ajudar.

Como fisioterapeuta na saúde da mulher e terapeuta tântrica, sei que a reeducação corporal é um meio muito resolutivo. Seja na cura de disfunções sexuais ou para pessoas interessadas em descobrir novas maneira de sentir e de se relacionar com o corpo.

Para finalizar deixo uma dica que vale ouro: diálogo. Acho que não preciso dizer o quão importante o diálogo é quando um casal vive uma dissincronia na vida sexual.

Grande abraço

Christiane Costa (Radha)

Christiane (Radha)
Terapeuta Tântrica habilitada em todas as modalidades do Método Deva Nishok (Sensitive Massagem, Êxtase Total Massagem, Yoni/Lingam Massagem, G-Spot e P-Spot), Terapeuta Renascedora, Terapeuta Menstrual, Instrutora de Tantra Yoga, Terapeuta do Riso. Desenvolve diversos trabalhos para pessoas, de todos os gêneros, que buscam através do [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?