Sexualidade Masculina : o padrão “britadeira”

Sexualidade Masculina : o padrão “britadeira”

publicado por Christiane (Radha)

tags: Tantra, Terapêutica Tântrica, Tantra para Homens

Um questionamento comum entre mulheres é por que muitos homens, na hora do sexo, tendem a

acumular toda a energia na pelve com estocadas rápidas e fortes, no padrão “britadeira”.

É claro que falar de sexo e sexualidade envolve vários aspectos importantes: informação, hábitos, medos,consciência corporal, relação com a parceria e outros. Por isso, vou citar aqui três pontos comuns que nos fazem entender um pouco melhor a respeito desse padrão tão comum no sexo masculino.

A primeira consideração importante é sobre o comportamento sexual masculino. Boa parte do homens vê o sexo como uma forma de descarregar, aliviar a tensão acumulada no corpo.É conhecido como padrão de orgasmo ativo: onde se busca aliviar a tensão corporal através da manipulação de um objeto,o pênis. Essa manipulação rápida, constante e vigorosa, que pode acontecer pelas mãos ou pelo movimento pélvico, vai resultar em uma descarga que trará o alívio tão buscado.

As mulheres também podem apresentar este padrão, mas o comum é que a mulher espere obter o prazer e alívio da tensão pela manipulação do seu corpo por outra pessoa. E isso chamamos de orgasmo passivo.

Lembro que homens e mulheres podem apresentar ambos os padrões. Não há exclusividade.

O segundo ponto importante é a educação sexual, ou melhor, a ausência dela. Ainda hoje é comum que homens iniciem a atividade sexual com profissionais do sexo, onde não há vínculo afetivo e sim o desejo de alívio, virilidade, performance. Sem contar que para muitos a pornografia ainda é a referência de educação sexual, ou seja, os homens aprendem que aquilo apresentado nos filmes é a vida real (longe disso!). Nos filmes pornôs temos sempre pênis gigantescos, eretos, que se movimentam loucamente (britadeira) entrando e saindo de um orifício. O resultado disso são gemidos incessantes, jatos ejaculatórios como fontes de água romana, orgasmo e êxtase total.

Como então o nosso homem comum, buscando satisfazer a si mesmo e ao outro, vai pensar diferente? Ele será impelido, mesmo que inconscientemente, a repetir o que vê.

O último ponto que quero citar, e para mim muitíssimo importante, é o fator emocional. Há muito tempo foi convencionado que o homem “de verdade”, é o garanhão, viril, que não nega fogo e dá conta de tudo e de todxs. Pobre homem,

além dos problemas cotidianos, na hora do seu prazer, no momento de conexão com o seu corpo e o corpo do outro, ele ainda tem que provar que é o rei da selva. Mas se há estresse e ansiedade de desempenho, como eu posso relaxar e deixar que o ciclo da resposta sexual aconteça no meu corpo?

E de novo aparece o padrão britadeira.Se mesmo com toda a tensão o homem consegue ter a ereção, ele pode optar por terminar rápido, “fazer o serviço”, mostrar que ele foi capaz de penetrar, bombar, ejacular e ainda ter um orgasmo.

Viu? Ele cumpriu o que era esperado! Mesmo que isso resulte em pouco prazer para ambos os envolvidos.O pensamento é: ” antes gozar rápido que ser brocha”.

Deixo aqui apenas algumas considerações para que pensemos de onde vem este padrão britadeira. Sempre que falamos de sexo e sexualidade vários aspectos devem ser considerados e vários profissionais, com diferentes linhas de terapia podem ajudar.

Como fisioterapeuta na saúde da mulher e terapeuta tântrica, sei que a reeducação corporal é um meio muito resolutivo. Seja na cura de disfunções sexuais ou para pessoas interessadas em descobrir novas maneira de sentir e de se relacionar com o corpo.

Para finalizar deixo uma dica que vale ouro: diálogo. Acho que não preciso dizer o quão importante o diálogo é quando um casal vive uma dissincronia na vida sexual.

Grande abraço

Christiane Costa (Radha)

Christiane (Radha)
Fisioterapeuta, pós-graduada em Saúde da Mulher e formação em Sexologia Clínica.Terapeuta Corporal, certificada em todas as modalidades do Método Deva Nishok, possui formações em Terapêutica Tântrica, Renascimento,Terapias Integradas de Respiração e Terapia Menstrual. Capacitanda no Curso de Formação de Instrutores de Tantra Yoga.Facilitadora do Curso [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?