Você é o que você pensa; você pensa o que mais vivenciou

Você é o que você pensa; você pensa o que mais vivenciou

publicado por

tags: Tantra

Desde nossos primeiros anos somos influenciados pelas pessoas a nossa volta. Assim, quando nascemos somos apenas espectadores e receptores de todas as situações a nossa volta. Aprendemos com os exemplos de nossos pais, familiares e pessoas próximas. Desta forma, acreditamos em tudo que foi passado. Por conta disso, levamos para vida todas as experiências da infância. Essas crenças, aprendidas na infância, geram interferência em nossas vidas, porque elas bloqueiam nosso desenvolvimento. Tratam-se de todas as ideias que você viu e/ou ouviu e assimilou, pelos mais diversos motivos, que acabaram se tornando uma verdade absoluta na sua vida. Quando estamos trilhando o caminho de autoconhecimento começamos a perceber que temos padrões e crenças que não são nossos. É apenas uma réplica dos hábitos de nossos pais. E com isso, trago alguns questionamentos que já me fiz e que também aparecem bastante nos atendimentos:

*O que existe por trás que atrapalhe sua prosperidade?

*Qual é, de fato, o seu valor? (Isso é seu ou de seus pais?)

*O que te impede de ser você?

*Como você vê seus problemas?

*Como você se relacionar com seu corpo?
*Qual o valor que você tem sobre A sexualidade, O prazer, A libido?

É importante ser fiel aos seus sentimentos e questione suas respostas.


Com a Terapia Tântrica você pode resgatar a sua verdadeira essência.

Sada (Dani)
Terapeuta Tântrica e holística, formada pela Comunna Metamorfose, especializada em Psicoterapia Tântrica e Renascimento. Atende casais em todas as modalidades do Método Deva Nishok (Sensitive Massagem, Êxtase total Massagem, yoni Massagem, Ligam Massagem, G-Sport e P-sport Massagem). Facilita o processo de autoconhecimento, expansão da consciência [...]

Veja o perfil completo

Outros reflexões para você

A Meditação Dinâmica é uma técnica criada pelo Osho para que a gente pudesse começar a aprender a meditar. Ela tem 1h de duração e 5...
A comunicação é uma das nossas ferramentas mais efetivas ao qual possuímos e é o que nos diferencia dos demais mamíferos e animais sendo...
Quando se vive em sociedade, nem sempre podemos fazer, falar ou ter aquilo que desejamos. Isso é normal, mas toda vez que negamos um...
Você tem o hábito de expressar o que sente? Ou abafa as suas emoções para não desagradar ou ser visto como chato(a)? Tudo o que sentimos é...
Recentemente atendi uma moça que teve pouquíssimas experiências sexuais na vida, apesar de já ter 38 anos. Ela nunca teve prazer nas...
O Masculino relaxado no seu poder. Dentro do que você busca no Tantra e se propõe a praticar o que realmente te sustenta na pratica dessa...
O que você diz a si mesmo diariamente, pode ajudá-lo ou prejudicá-lo. As palavras têm poder. Uma palavra específica tem o poder de destruir...
O Clitóris foi reconhecido como parte da sexualidade a partir de 1960, antes disso dentro da ciência era ignorado, mas se voltarmos no...
É muito interessante ouvir o que as pessoas pensam a respeito de sexo. Mais interessante ainda é ver a confusão que se faz a respeito de...
A gente vai vivendo e naturalizando coisas que não são naturais. Muitas vezes já não conseguimos perceber o quanto há de violência ao nosso...
Uma das coisas que a Terapia Tântrica proporciona é a descoberta de coisas sobre si que você jamais imaginou. Numa sessão podem vir risos,...
Tradicionalmente muitas(o) profissionais oferecem massagem relaxante e como atrativo atribuem o final feliz.O que seria o final feliz?...
Muitas mulheres não sabem o que é vaginismo, só associam a algo relacionado com a vagina por conta da palavra se assemelhar. O vaginismo...
Com o tempo, nos relacionamentos, especialmente aqueles de longo prazo, há uma crescente relutância nas mulheres em fazer amor, e...
Para os humanos o corpo e seu funcionamento sempre foi algo fascinante, existem muitas teorias para explicar o processo entre vida e morte....
Beijo na boca: Quantas sensações podemos ter, impressões e estímulos. Acessamos o gosto do outro, a respiração e o ritmo. Já se perguntou...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...