Somos muitos em um só

Somos muitos em um só

publicado por Deva Harischandra Jéssica

tags: Tantra

Nós assumimos e nos identificamos com tantas características. Construímos e alimentamos uma identidade perante a sociedade. Somos tantas coisas, temos tantas atribuições, nos colocamos como donos de um determinado caráter, nos lemos e nos damos a ler de uma certa forma.

Criamos imagens acerca de nós, temos determinadas atitudes e jeitos de ser no trabalho, em casa, no exercício da nossa religiosidade, com os amigos, com os familiares, com desconhecidos, com os nossos mais íntimos relacionamentos, com nós mesmos...

Somos ensinados a acreditar que devemos atender as expectativas dos outros, ser uma pessoa “respeitável” nessa sociedade em que o desrespeito é tão naturalizado, que devemos obedecer, nos manter em determinados padrões, acreditar em determinadas “verdades”. Por vezes acabamos dizendo vários “nãos” a nós mesmos para atender aos “sims” alheios. Nos perdemos em meio a essa personalidade forjada para atender a outros, acreditando que só assim poderemos ser aceitos, amados e reconhecidos.

Esses moldes acabam por nos afastar cada vez mais de nós mesmos. E fazer o retorno, o encontro com a nossa espontaneidade e essência faz parte do caminho para o autoconhecimento e consequentemente para o religare consigo mesmo.

O neotantra, através dos ensinamentos do Osho, das práticas meditativas, exercícios de respiração, massagens e outras vivências diversas, nos ajuda a enxergar o que de fato somos, nos conectando com o divino novamente.

Nos ajuda a nos compreender, a nos respeitar, a nos permitir descansar quando necessário, a olhar pra nós mesmos com cuidado, carinho, amor, apreço, com profunda aceitação e assentimento. A nos sintonizar com frequências elevadas e atrair pra nós o que combina com a gente de verdade. A entender o que realmente nos faz sentido na vida, a deixar de lado coisas que nada nos acrescentam nem nos fazem o coração vibrar. A valorizar o que de fato nos importa e nos enche a alma de êxtase e alegria. A sentir que a gratidão, o amor, o sorriso e todos os sentimentos elevados representam as melhores preces.

A expressão “somos muitos em um só” diz para muito além de que temos muitas máscaras em uma só pessoa, mas que todos os seres formam um só organismo, que não existe o outro. Não existe fazer o bem ou o mal ao outro. Tudo o que fazemos, fazemos a nós mesmos, como unidade que somos.

Quanto mais conseguirmos estar conscientes dessa unidade, da importância da diversidade e de cada um, mais potentes e prósperos seremos em todos os âmbitos de nossas vidas. Para tanto, busquemos o autoconhecimento.

Deepak Chopra diz nas páginas 15 e 16 do livro As Sete Leis Espirituais do Sucesso: “Quando você descobre sua natureza essencial, quando sabe quem realmente é, encontra toda a sua potencialidade. É no conhecer-se que reside a capacidade de realização de todos os sonhos, porque você mesmo representa a possibilidade eterna, a imensurável potencialidade de tudo o que foi e poderá vir a ser. A lei da potencialidade pura também poderia ser chamada de lei da unidade, pois sob a diversidade infinita da vida encontra-se a unidade do espírito da pessoa. Não existe separação entre você e esse campo de energia. O campo da potencialidade pura é o próprio EU. E quanto mais você busca a sua verdadeira natureza – o próprio EU – mais se aproxima do campo da potencialidade pura.”

Eu desejo profundamente que a gente descubra nossa natureza essencial, saiba quem somos e que encontre toda a nossa potencialidade.

Deva Harischandra Jéssica
Sou terapeuta do AMOR, trabalho tocando o corpo e a alma das pessoas. Acredito no trabalho de desenvolvimento do ser humano em sua integralidade com o método Deva Nishok. É um trabalho que transforma vidas.Trabalho com a massagem tântrica, nas seguintes modalidades:* Sensitive Massagem* Êxtase [...]

Veja o perfil completo

Quer receber as newsletters?