Fugir ou Mergulhar?

Fugir ou Mergulhar?

publicado por Prem Kajati

tags: Quarentena

Quem já tem o hábito de mergulhar em si passará tranquilamente por esse momento que estamos vivendo.

Quem não tem o hábito de mergulhar em si terá duas opções: ou mergulha ou sentirá muito incomodo e continuará fugindo para se apegar as sensações externas e as fugas.

Em 2011, meu mergulho veio no mesmo dia. Do interno (fui parar no hospital) e do externo (perdi um primo). 

Em 2016, meu mergulho veio dos excessos que cometi contra minha saúde e foi aí que não tive mais como fugir. Durante o tratamento aproveitei para fazer um curso de Yoga. De lá pra cá, venho procurando me comprometer cada vez mais com a prática que vem dizendo tanto sobre meu corpo.

Em 2018, mergulhei novamente. Três vezes. A primeira, outra perda, mas olhando hoje, vejo como um aprendizado. Uma porta se fecha, mas se abre uma janela. E que janela eu abri em 2018!
O segundo mergulho foi por esporte. Um desejo antigo. Muitas emoções e sensações trazidas pelo mar. Entre náuseas e medo da profundidade do fundo do mar: sobrevivi. Mas o melhor estava por vir.

O terceiro mergulho era a chance de mergulhar mais. O que faltava descobrir? Mergulhei profundamente no Tantra. Deixei para trás velhas cascas, derreti os controles, uma parte do Ego e então veio à tona muito material sobre mim que até então ignorava. Havia medo, havia raiva, havia vergonha, havia culpa. Olhei para mim e a relação que levava com minha família. Precisava e preciso ainda ajustar muita coisa.

Não me arrependo de nada, hoje sou outra pessoa. Melhor que antes, mas posso melhorar mais. Há sempre algo que precisamos melhorar. Se meu eu do passado encontrasse com meu eu de agora, não reconheceria.

O que falta mais descobrir? Quem não aprende pelo amor, aprende pela dor?Esses dias de isolamento dirão. Vai fugir ou mergulhar?

Prem Kajati
O toque só pode ser curativo quando seu corpo é respeitado durante o processo.Terapeuta Tântrica, Corporal Vibracional e Renascedora. Ministra aulas de Hatha Yoga e há 5 anos dedica-se ao estudo teórico e prático das práticas corporais (teatro e yoga). Atua em todas as formas [...]

Veja o perfil completo

Outros artigos interessantes para você

"Sim. Eu não quero me mostrar a mim mesmo ou aos outros." Mas você tem que decidir isso. Essa é uma das coisas mais básicas a ser entendida...
Por diversas vezes me peguei surpresa com questionamentos que a Terapia Tântrica traz, principalmente e quase exclusivamente através do...
A Massagem Tântrica é uma ferramenta terapêutica usada para que o ser humano possa restabelecer a potência orgástica, depois abrir o...
Aqui é a Pema e o Thiago compartilhando nossas reflexões a respeito do relacionamento íntimo entre duas pessoas. No relacionamento íntimo...
Chamada de “dispareunia”, a dor que ocorre durante as relações sexuais pode representar para as mulheres um empecilho maior à satisfação...
Afetividade é a relação de carinho ou cuidado que a pessoa tem consigo mesma ou com alguém que lhe seja íntimo ou querido. É um estado...
Entrevista conduzida por Andréia Félix: Deva Nishok: Tantra é uma palavra que, em Sânscrito, significa “Tramas”, os fios de comportamento...
Houve um momento em minha jornada tântrica em que percebi o quão importante é entender e integrar a polaridade masculina e feminina.Mesmo...
Tremores, calafrios, espasmos involuntários, batimento cardíaco acelerado, pupila dilatada, contração da musculatura do corpo. Você já...
No tantra, nos conectamos com nossos(as) parceiros(as) em um nível mais profundo, porque nos conectamos também com o CHI UNIVERSAL ou...
A palavra integrar significa “fazer parte de algo”. A sensação ou a idéia de pertencer a algo, alguém, um grupo, ou a um trabalho...
"Sinta o cosmos como uma translúcida presença sempre viva. Se você tomar uma droga do tipo LSD, ou alguma coisa assim, todo o mundo ao seu...
A Terapia Tântrica promove uma ressignificação da sexualidade de quem a busca. Como terapia corporal auxilia no processo de reeducação...
Arte de Jana Brike Uma das perguntas mais freqüentes que eu recebo é: “Como faço para ter orgasmos?” e um dia destes, no final de um...
Digo, SENTIR MESMO!Em qualquer lugar, a qualquer momento.Sentir, escutar, perceber.Geralmente só prestamos atenção quando ele reclama....
Transcender a dualidade é visão soberana.Dominar abstrações é prática régia.A trilha da não-prática é o caminho de todos os Budas.Quem...
Veja todos

Quer receber as newsletters por email?