‘Entendendo o mapa da mina’: livro relaciona sexo, saúde e comportamento

Terapia Tântrica, modalidade terapêutica nova no Brasil auxilia nos desafios da sexualidade a partir das experiências do corpo

‘Entendendo o mapa da mina’: livro relaciona sexo, saúde e comportamento

publicado por CT Editora

Revista Bem Mulher

em 02/set/2019

com

‘Entendendo o mapa da mina’: livro relaciona sexo, saúde e comportamento

Por CT Editora -2 de setembro de 2019

livro sobre terapia tântrica
Deva Dasi Abigail, autora do livro 'Entendendo o Mapa da Mina'

Segundo Deva Dasi Abigail, autora do livro ‘Entendendo o Mapa da Mina’, modalidade terapêutica nova no Brasil auxilia nos desafios da sexualidade a partir das experiências do corpo

A rotina do trabalho, filhos, desafios do relacionamento afetivo, pressões sociais, desejo de realização, são alguns dos fatores que vêm, a cada dia engrossando o número de pessoas com problemas relacionados ao próprio corpo e, consequentemente, à sexualidade.

“O corpo e é a maior fonte de energia que pode se utilizar para se viver a própria verdade. Sabemos que em muitos casos, as disfunções sexuais estão associadas a algum problema de fundo psicológico”, explica a terapeuta tântrica Abigail Deva Dasi.

Em livro recém-lançado, Dasi reflete sobre quatro aspectos da personalidade feminina baseada em quatro eixos: pensamento, comportamento, fisiologia e sexualidade.

Em linguagem leve, simples e bem-humorada, ela relata um pouco do trabalho que desenvolve com homens e mulheres, tendo como base o tantra. Trata-se de uma filosofia comportamental milenar, de características matriarcais, sensoriais e desrepressoras.

A prática tem, por objetivo, o desenvolvimento integral do ser humano nos seus aspectos físico, mental e espiritual.

A terapeuta, que buscou fundamentos para seus estudos no Brasil e teve a experiência de praticá-los também no Canadá, explica que homens e mulheres estão suscetíveis a sofrer tais transtornos, já que vão acumulando diariamente experiências que culminam em seu corpo.

Embora o tema ainda seja considerado tabu na sociedade moderna, ela explica que no atendimento há um processo, e que há muita curiosidade por parte dos atendidos.

“No início, a grande maioria sente muita vergonha de expor seus sentimentos e problemas no dia-a-dia. Mas essa reação é extremamente comum. Toda fala vem carregada de muita dor também, já que não é um assunto que se discute abertamente nem com amigos e nem com parceiros”, explica.

A técnica tântrica, aplicada por Dasi, utiliza os 5 sentidos para desenvolver a sexualidade. Fazem parte técnicas de respiração, meditações ativas e o ensino de massagem, priorizando o corpo e o sentir como elemento essencial no processo.

“As conexões que unem as pessoas estão baseadas na energia da vida, toda a vida, todo o primeiro sopro de vida, tem início com a troca de energia sexual, por meio do ato sexual. Não se pode ignorar algo tão genuíno do ser humano”, explica.

Desafios do masculino e do feminino

Embora tenha clientes mulheres, a maior parte dos atendimentos de Dasi são para homens.

Segundo ela, eles buscam na terapia, uma troca real de informações sobre o próprio corpo e da parceira. Muitos estão em busca de equilibrar ou até salvar um casamento

“Homens choram na minha sala de atendimento, e até nas sessões de coaching on-line. O acompanhamento auxilia tanto homens a entenderem melhor suas namoradas, amigas e esposas, quanto ajuda mulheres que se sentem frustradas com os relacionamentos”, enfatiza.

Entendendo o Mapa da Mina

O livro publicado pela Appris editora, está dividido em 5 capítulos, e tem prefácio de João Bosco Tavares Lima, psicólogo, escritor e idealizados do projeto Social “Semeando o Bem”.

Veja a matéria completa na página original (Revista Bem Mulher)




Outros reflexões para você

Um dos papéis mais importantes de um Renascedor é ensinar as pessoas a completarem um ciclo de energia. Isso significa ensinar as pessoas a...
1- Para ter orgasmo é necessário estar em um estado de relaxamento, tanto físico quanto mental.Você não consegue relaxar quando está...
Eu tenho corpo mas não sou meu corpo.Eu posso ver e sentir meu corpo,E o que pode ser visto e sentido não é o verdadeiro Eu.Meu corpo pode...
Estamos todos, ou quase todos, em quarentena, num processo de reclusão social e interiorização, ou pelo menos deveríamos estar, certo? E...
Durante bastante tempo na vida, eu acreditei que deveria dizer sim em muitas ocasiões em que no meu íntimo queria dizer não. Acreditava que...
Há quem ame romanticamente e há quem ame realisticamente. O amor romântico, aquele que acreditamos que é uma performance acerca de...
Você já se perguntou se tem tempo suficiente sozinho a cada dia? O tempo sozinho, se você se render totalmente à impetuosidade e à...
Conhecido com o hormônio da atração nada mais é que o nosso cheiro natural. Antes de enfatizar o lado sexual podemos entender o feromônio...
A vida é como um rio que nasce no alto da montanha e segue seu curso rumo ao mar. Durante esse percurso, enquanto o rio não se torna MAR e...
Buscando compreender de forma mais aprofundada sobre as bases biológicas do A.M.O.R, encontrei um artigo científico que abordava sobre...
A palavra integrar significa “fazer parte de algo”. A sensação ou a idéia de pertencer a algo, alguém, um grupo, ou a um trabalho...
La petit mort é como os franceses chamam o ápice erótico, o orgasmo... Para Bataille na pequena morte erotica se experimenta o...
Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais frequente do que se imagina. Estudos recentes mostram que 10% a 35% das pessoas apresentam...
No artigo anterior , ”O despertar do sagrado feminino”, prometi que falaria mais sobre a energia Shakti ou energia feminina no Tantra, mas...
A vida produz formas. Essas formas são parte de um processo de organização que dá corpo às emoções, pensamentos e experiências,...
Você tem amigos? Como está a sua rede de amigos influentes? Que tipo de influência os seus amigos exerceram ou ainda exercem sobre você?...
Quem já tem o hábito de mergulhar em si passará tranquilamente por esse momento que estamos vivendo.Quem não tem o hábito de mergulhar em...
Os chamados "prazeres psicogênicos" são aqueles originários da mente, e não do corpo. Pergunte-se: para satisfazer sua vontade sexual, na...
Veja todos

Receba novas reflexões por email...