Nunca tinha sentido nada parecido em toda a minha vida

Nunca tinha sentido nada parecido em toda a minha vida

publicado por Humberto Rezende

Correio Braziliense

em 22/dez/2017

com &

R. é uma estudante universitária de 22 anos que aceitou dividir com o Blog Daquilo o que sentiu durante sua primeira sessão de massagem tântrica. Segue o relato dela:

“‘Devo estar ficando louca.’ Esse foi meu primeiro pensamento quando me pus a caminho da primeira sessão de massagem tântrica. Nunca havia passado pela minha cabeça fazer uma terapia que envolvesse meu corpo e minha vida sexual, mas resolvi experimentar, por acreditar que é preciso aproveitar as experiências que a vida proporciona.

Cheguei a uma casa rústica, de dois andares, com vista para o Lago Norte e um clima tão calmo que me senti fora de Brasília. Após subir alguns degraus, entrei em uma sala com grandes janelas de vidro e sofás cor de canela. O cheiro de incenso e as frases motivacionais coladas nas paredes faziam o lugar parecer místico e relaxante.

> Leia aqui sobre a massagem tântrica e veja um depoimento masculino sobre a experiência

Antes de começar a sessão, a terapeuta me pediu para esperar na sala enquanto preparava o quarto para a massagem. Eu me encolhi em um dos sofás e comecei a tremer de ansiedade. ‘Vou fazer isso mesmo?’, pensei. Já estava ali, não ia voltar atrás. A iminência de ficar nua na frente de uma terapeuta que tinha conhecido havia poucos minutos deixou minha mente agitada.

Perguntei se seria algum tipo de masturbação e ela me explicou que era apenas uma terapia. ‘Não vou te masturbar, vou apenas ser uma facilitadora do prazer que seu próprio corpo tem a oferecer’, frisou.

Entrei no quarto logo após ser chamada por Saraha, que me convidou para sentar em uma das duas cadeiras que havia no aposento. ‘Vamos conversar um pouco’, disse, calmamente. Foi um papo rápido, sobre minhas experiências sexuais, dúvidas sobre a massagem e meus limites. Perguntei se seria algum tipo de masturbação e ela me explicou que era apenas uma terapia. ‘Não vou te masturbar, vou apenas ser uma facilitadora do prazer que seu próprio corpo tem a oferecer’, frisou.

Após a conversa, Saraha me pediu para tomar um banho e me entregou duas toalhas limpas. Entrei no banheiro pequeno e comecei a tirar minha roupa, lembrando novamente que estaria sem elas na hora da massagem. Tomei um banho rápido e quente, esperando que ele me acalmasse e relaxasse. Não funcionou. Saí do banheiro com um embrulho no estômago e o coração na mão.

Abri a porta e dei de cara com o quarto totalmente modificado. A luz estava apagada, e a luminosidade era baixa. Uma música suave tocava no notebook, e o aquecedor estava ligado para o quarto não ficar frio. Ela me pediu para deitar no tatame que ocupava boa parte do recinto e respirar fundo. ‘Se concentre no seu corpo, e não nas minhas mãos’, disse, antes pedir para que eu fechasse os olhos e relaxasse.

Os movimentos eram fortes e estratégicos, indo e vindo nas zonas mais erógenas do meu corpo, de acordo com a minha resposta aos toques.

Começou mais rápido do que eu esperava. Comecei a sentir suas mãos tocarem suavemente todo o meu corpo. A sensação era a de uma pena passando pela pele várias e várias vezes, provocando arrepios e tremores inexplicáveis. O meu medo foi embora e deu lugar a uma sensação de transe, como se eu não estivesse mais em uma sala de massagem tântrica, mas em um lugar só meu. Como eu disse, é inexplicável.

Senti, então, um líquido frio ser derramado sobre minha barriga e uma mão enluvada começar o que, para mim, pareceu uma massagem real. Os movimentos eram fortes e estratégicos, indo e vindo nas zonas mais erógenas do meu corpo, de acordo com a minha resposta aos toques. Os tremores agora eram constantes e mais intensos.

O cheiro de óleo vegetal dominou o ambiente. Saraha pegou um objeto vibratório pequeno para estimular meu clitóris. Por não saber exatamente o que era, eu me assustei quando ele entrou em contato com a minha pele. ‘Relaxa e deixa o seu corpo te mostrar o que ele pode fazer’, disse a terapeuta ao reparar meu receio.

De forma intensa e contínua, por pelo menos 20 minutos, experimentei sensações fortes de prazer, agonia, dor e excitação extrema. A música, que antes era calma, agora era mais rápida, assim como os movimentos feitos pela terapeuta. Nunca tinha sentido nada parecido em toda a minha vida e me pergunto se sentirei novamente fora do tantra.

Após cerca de uma hora, ela me deixou deitada de barriga para cima, sentindo todas as sensações do meu corpo. Espasmos de prazer corriam pela minha pele. ‘Você vai sentir os efeitos por uns dois dias’, avisou Saraha. Dez minutos depois, eu me acalmei e fui tomar mais um banho para tirar o óleo do corpo. Até o toque da água quente me provocava arrepios.

Vesti minha roupa e perguntei se tinha reagido bem à sessão. ‘Nós, mulheres, precisamos libertar nosso corpo, nos conhecer, e você começou esse processo hoje. Fico feliz de facilitar seu autoconhecimento sexual’, foi a resposta que recebi.

Passei o dia pensando no tal ‘autoconhecimento’ que ela me disse, sobre saber do que seu corpo é capaz, e cheguei à conclusão de que todo mundo, um dia, poderia fazer uma massagem tântrica, para se despir dos preconceitos e aprender um pouco mais sobre si mesmo.”

Veja a matéria completa na página original (Correio Braziliense)







Outras reflexões

“A Magia Sexual em alguns de nossos ritos, é um trabalho consciente, focado e disciplinado, visando certos resultados. Nos Andes, os...
Quantas vezes na vida, percebemos que a nossa energia caiu, nossa libido diminuiu, passamos a ter menos interesse pelas coisas que...
Aqui vou eu, bem ousada, falar de algo muito importante: a higiene íntima masculina. Falar de higiene feminina é muito comum e não é...
É uma infecção causada pelo crescimento excessivo do fungo cândida albicans ou monília. É bem normal esse tipo de fungo na região genital,...
A massagem tântrica nos dá permissão para celebrar o prazer sem timidez. O que quer que aconteça com você é bem-vindo, seja liberação...
No nosso último artigo, falamos sobre o tema Implantes astrais, o que são e como atuam na sexualidade. No último artigo, demos seguimento a...
Não é fácil definir o sexo. Quando falamos no assunto, emerge uma gama de infinitas variações sobre o tema, que nunca se esgota. O sexo...
Veja no final desta página:* Lista de Terapeutas Tântricos* Lista de Workshops e Cursos de Tantra ---Introdução Imagine uma força que...
Presença. Quantas vezes você já esteve em um local e, mesmo assim, estava ausente desse mesmo ambiente? Quantas vezes você esteve em uma...
Cheguei à conclusão que não sabia o que era ser uma mulher realmente livre, plena, viva, vibrante, pulsante. Vivia enclausurada pelos meus...
Quando eu era criança: Eu gostava de correr por aí, sentir o vento, subir em árvores, explorar o mundo. Todo o tempo que eu estivesse na...
Você sabe responder a essa pergunta? Acredita que todos que dizem que te conhecem e gostam de você irão responder a essa pergunta de uma...
Veja todos

Eventos com data marcada

junho 2024 Vila Mariana SP
  • 10 a 16 junho 2024
  • Espaço Junior Terapeuta - Vila Mariana
  • segunda 8h a domingo 20h
  • Perfil de Junior TerapeutaJunior Saiba +
junho 2024 Itapeva MG
  • 14 a 16 junho 2024
  • Nível Avançado - Pré-requisito: Ter participado de alguma edição da Delerium
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 17h
  • Perfil de Shantideva (Osmar)Shantideva Perfil de Antar PremaliPremali Saiba +
junho 2024 Garopaba SC
junho 2024 Brasilia DF
junho 2024 Goiânia GO
junho 2024 Itapeva MG
junho 2024 Vila Madalena SP
junho 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 23 junho 2024
  • Espaço Shiva Shakti
  • domingo 8h30 às 18h30
  • Perfil de Verônica AnandaAnanda Saiba +
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Goiânia GO
julho 2024 Caxias do Sul RS
  • 13 a 14 julho 2024
  • Espaço Gaya
  • sábado 8h a domingo 18h
  • Perfil de Prem Gaya (Melissa Bittencourt)Gaya Saiba +
julho 2024 Vila Madalena SP
  • 13 a 14 julho 2024
  • Arte do Toque
  • sábado 9h a domingo 17h
  • Perfil de Kareem RodriguesKáarem Saiba +
julho 2024 Rio de Janeiro RJ
julho 2024 Itapeva MG
julho 2024 Vila Mariana SP
julho 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
  • 5 a 14 agosto 2024
  • segunda 18h a quarta-feira 20h
  • Perfil de Nana TantraNana Saiba +
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 São Paulo (Capital) SP
agosto 2024 Itapeva MG
  • 16 a 18 agosto 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 15h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
agosto 2024 Itapeva MG
setembro 2024 São Paulo (Capital) SP
setembro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 Itapeva MG
outubro 2024 São Paulo (Capital) SP
outubro 2024 Itapeva MG
  • 18 a 20 outubro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 19h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
novembro 2024 Itapeva MG
novembro 2024 Itapeva MG
  • 14 a 17 novembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • quinta 17h a domingo 15h
  • Perfil de Deva NishokNishok Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG
  • 6 a 8 dezembro 2024
  • Comunna Metamorfose
  • sexta 20h a domingo 16h
  • Perfil de Surya SangeetaSangeeta Saiba +
dezembro 2024 Itapeva MG